Agentes da STTP são capacitados no projeto “Piloto Legal” de motocicletas

Vinte e cinco agentes de trânsito da STTP participam na segunda e terça-feira, 8 e 9, de uma capacitação técnica de pilotagem, através do projeto Piloto Legal.

O curso será ministrado por uma equipe do Corpo de Instrutores de Pilotagem da própria autarquia de trânsito e que vem desenvolvendo o projeto “Piloto Legal”, que consiste num Curso de Pilotagem de Motocicletas Nível I, e que tem como público alvo qualquer interessado que possua CNH categoria “A”, dentro da validade, e que tenha motocicleta e capacete.

De acordo com o agente de trânsito e instrutor Jefferson Farias, a capacitação será realizada em duas etapas com o curso teórico sendo realizado no auditório do Sebrae, no horário da manhã de segunda e terça-feira, e o prático na área do Parque do Povo, no turno da tarde e respeitando todos os protocolos de prevenção à Covid-19.   

Durante a capacitação todos os agentes estarão utilizando motocicletas com 300 cilindradas, as mesmas da fiscalização diária do trânsito e que possibilitando para a nova equipe de motociclistas a vivenciarem as mais variadas situações do trânsito, e se condicionar a reagir de forma segura.   

Ainda, conforme Jefferson a utilização do aprendizado nesse curso, vai desde o primeiro contato com a moto até a assimilação dos exercícios e avaliação de comportamento pós-treinamento, buscando aprimorar as técnicas de pilotagem, e desenvolvendo habilidades na condução segura da motocicleta para poder enfrentar com mais segurança e desenvoltura situações encontradas no trânsito.

Os principais assuntos abordados durante a capacitação são: Inspeção preventiva; Equipamentos de proteção; Legislação de trânsito; Postura de pilotagem; Pilotagem com passageiro; Técnicas de frenagem, e Postura em Curvas.

As aulas teóricas abrangem temas que tornam a pilotagem mais segura e defensiva, além de uma atualização dos principais pontos da legislação de trânsito relativos a motocicletas. A aula prática versa ainda em ensinamentos de técnicas que visam a corrigir vícios e posturas que interferem negativamente na pilotagem, causados por imperícia.

Desde a criação do projeto “Piloto Legal” a equipe de instrutores da STTP já formou mais de 450 motociclistas de órgãos públicos, prefeituras , motoclubes, e empresas particulares, a exemplo de turmas de alunos da Alpargatas , e de soldados do 31º BIMtz.

Fonte: Codecom

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Cotidiano
Comments are closed.