Bruno firma parceria para investimentos de R$ 2 milhões na segurança da área comercial

Campina Grande passa a integrar o Projeto Cidades Inteligentes, desenvolvido em nível nacional pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e passará a contar um moderno sistema de segurança pública, com recursos de tecnologia de ponta, em vários pontos do Município. O convênio, no valor de R$ 2 milhões, contou com a intermediação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O memorando de adesão foi assinado pelo prefeito Bruno Cunha Lima, em solenidade na manhã desta terça-feira, 26.

O convênio formalizado por Bruno – que esteve acompanhado na solenidade pela primeira-dama Juliana Cunha Lima – recebeu assinatura do presidente da ABDI, Igor Nogueira Calvet, e do secretário de Finanças, Gustavo Braga. O superintendente da Sudene, Evaldo Cruz Neto e o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) também assinaram o documento, como testemunhas. Na mesa de honra, prestigiaram o evento o líder do Projeto Cidades Inteligentes, Tiago Faeirstein, além de Braga e Laryssa Almeida (secretária de Ciência e Tecnologia). O vice-prefeito Lucas Ribeiro, o deputado estadual Manoel Ludgério Neto, auxiliares diretos do prefeito, vereadores e lideranças se fizeram presentes ao ato solene, no Salão Nobre do Gabinete do Prefeito.

A assinatura do memorando marcou o início do projeto em Campina Grande com foco na área de segurança pública, com envolvimento de conectividade e tecnologia de ponta nos acessos à cidade. O projeto prevê redução dos custos de infraestrutura, operação e manutenção dos municípios e capacita a gestão pública para o atendimento às demandas sociais e econômicas da sociedade.

Modernidade – De acordo com o prefeito Bruno Cunha Lima, o objetivo é tornar a cidade mais segura para melhorar o comércio na região. Com Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial e Big Data, lembrou ele, as cidades inteligentes utilizam sistemas interligados e interoperáveis para o uso estratégico de infraestrutura, serviços e comunicação.

Conforme explicou Bruno, esse tipo de iniciativa possibilita a “criação de uma área de segurança monitorada no centro da cidade”. Para tanto, Campina Grande contará com uma moderna central de monitoramento, integrada por câmeras inteligentes. O sistema funcionará numa dinâmica de integração com diversos órgãos municipais (a exemplo da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos) e as polícias Civil, Rodoviária e Militar.

Ainda segundo o prefeito, as atividades acontecerão, inicialmente, no centro da cidade, mas a meta é levar o benefício para áreas como os bairros de José Pinheiro e Malvinas, além de outras regiões estratégicas de Campina Grande. “Tudo isto será feito para deixar as pessoas livres em sua circulação mais seguras, sobretudo nas atividades comerciais”, afirmou.

Fonte: Codecom

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Cotidiano
Comments are closed.