Câmara realiza Sessão Especial em homenagem aos veterinários

A Câmara Municipal de Campina Grande realizou nesta terça-feira (14), em formato híbrido, uma Sessão Especial em homenagem ao Dia do Médico Veterinário, transcorrido na última quinta-feira, dia 9 de setembro.

O presidente da CASA, Marinaldo Cardoso (Republicanos) abriu os trabalhos chamando os convidados para a formação da mesa: Jeanine Nóbrega Figueiredo – fundadora da Faculdade Rebouças; Valéria Rocha Cavalcante – Presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba; José Matias Porto Filho – Coordenador do Curso de Medicina Veterinária da Faculdade Rebouças; Abraão Ribeiro – Biólogo e aluno de Medicina Veterinária; Helder Camilo – Médico Veterinário e Professor Veterinário da Faculdade Rebouças; Andreína Pinto de Almeida – Representante dos alunos da Faculdade Rebouças.

O autor da propositura da Sessão Especial, vereador Luciano Breno (PP) fez a justificativa, saudando inicialmente a todos os presentes. Em seguida, demonstrou a sua alegria em participar de uma Sessão Especial mais do que merecida, em alusão ao Dia do Médico Veterinário que se comemora no dia 9 de setembro. Informou que Campina Grande está tendo o privilégio de ter o primeiro Hospital Veterinário localizado na Faculdade Rebouças, inaugurada na última quinta-feira (9), com equipamentos de ponta e de última geração. “Muitos exames que seriam levados para outra cidade, irão ficar na cidade, podendo salvar vidas de animais’’ – frisou.

Também informou que esteve reunido com os empresários da Faculdade e com o prefeito Bruno Cunha Lima, quando foi realizada uma parceria público-privada, para atuar no bem-estar da população animal de Campina Grande. Por fim, parabenizou a todos os médicos veterinários e a todos os estudantes, “vale a pena sonhar e insistir, principalmente quando vocês estão em uma instituição que valoriza o estudante e valoriza a causa’’ – registrou.

O vereador Luciano Breno fez o registro da luta dos vereadores Olímpio Oliveira (PSD) e Janduy Ferreira (PSD) pela causa animal no município.

Após a justificativa da propositura, o presidente Marinaldo Cardoso passou a direção dos trabalhos ao vereador Luciano Breno, que convidou a Tribuna a presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária, Valéria Rocha, que saudou a todos presentes, e disse que fica muito feliz enquanto autarquia, estar representando os médicos veterinários da Paraíba nesta sessão especial.

Ela informou que as profissões de médico veterinário, bem como o seu ensino, foram normatizadas pelo ex-presidente Getúlio Vargas, em 9 de setembro de 1933 por meio do Decreto nº 23.133. Em função disso, o dia do veterinário passou a ser reconhecido nesta data, apesar de escolas de medicina veterinária existirem no Brasil desde 1913.

Desde então, a data tem sido celebrada por aqueles que dedicam suas carreiras aos cuidados dos animais. O Brasil é, atualmente, a nação com maior número desses profissionais em todo o mundo: são 154,9 mil, segundo números CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária).

E que graças a esses profissionais, a forma como a sociedade enxerga os animais foi transformada, considerando que eles fazem parte de um contexto e que merecem o respeito de todos.

Também destacou que cuidando dos animais está se cuidando das pessoas e expôs dados relacionados à movimentação do mercado do segmento Pet no Brasil (movimentando cerca de 4 bilhões só em 2020). “Na pandemia, os animais trouxeram conforto, segurança e companhia, além de muitos animais que são usados como forma terapêutica’’ – destacou.

Além disso, registrou que a procura pela profissionalização nessa área quase dobrou nestes últimos 10 anos e que o médico veterinário já faz parte das estratégias de políticas relacionadas à saúde pública, principalmente no que diz respeito à prevenção de doenças transmissíveis.

Jeanine Nóbrega Figueiredo – Fundadora da Faculdade Rebouças – contou um pouco da sua trajetória enquanto empreendedora, juntamente com o seu esposo Fábio Rebouças, que iniciaram no ramo da educação com a criação da empresa Infogenius, com cursos profissionalizantes de informática, e que na medida em que foram crescendo, resolveram ofertar também cursos superiores, com o nome Faculdade Rebouças, sendo essa a primeira faculdade cristã protestante da Paraíba.

Apresentou o vídeo na sessão, do primeiro Hospital Médico Veterinário de Campina Grande que foi inaugurado e acrescentou que em 2022 será entregue o Hospital Fazenda que realizará cirurgias de grande porte.

O Vereador Saulo Noronha (SD) – Parabenizou a todos os médicos veterinários, agradecendo pelo cuidado e zelo com os animais, assim como aos representantes da Faculdade Rebouças e registrou que enquanto parlamentar só tem a agradecer a todos aqueles que confiam, que acreditam e que se dedicam para a cidade de Campina Grande.

O vereador Luciano Breno (PP) – Deixou registrado que é autor de proposituras como os projetos de lei de nº 283 e de nº 293 no ano de 2018. Que prevê, respectivamente, obrigatoriedade de um número para informação de maus tratos de animais nos locais na forma específica e a liberação de entrada de animais de estimação em hospitais públicos para visitas aos pacientes internados.

O vereador Olímpio Oliveira (PSL) – Subiu à tribuna e informou que quando chegou a CASA no ano de 2005, o código de postura do município ainda se permitia que o animal resgatado pelo centro de controle de zoonoses e que não fosse reclamado pelo seu tutor no prazo de 72 horas, poderia ser “eutanasiado”. Um projeto de seu mandato alterou esse código, o qual atualmente só pode ser realizado o procedimento se a cura clínica do animal não for possível, atestada por dois médicos veterinários.

Também registrou que esteve na Faculdade Rebouças em 2019, e que naquele encontro, elaborou uma lei de nº 7292/2019, mas que infelizmente nenhum chefe do executivo colocou em prática. No entanto, diante disso atesta que a instituição está verdadeiramente preocupada com o fazer melhor pela sociedade.

Em seguida, também citou as Leis 7.072/2018 de sua autoria, que autoriza o prefeito a celebrar convênios com Clínicas Veterinárias para atendimento ambulatorial e castração dos animais e que todos os anos acrescenta emenda orçamentária para esse fim, e a lei de nº 7.819/2020, que trata do incentivo fiscal para veterinários que apoiam os protetores animais.

Por fim, fez uma homenagem ao Dr. Edroaldo Cavalcante e parabenizou pela propositura do vereador Luciano Breno.

José Matias Porto Filho – Coordenador do Curso de Medicina Veterinária da Faculdade Rebouças – informou que o Curso de Medicina Veterinária foi implantado em 2019, e que atualmente são seis turmas, com toda estrutura para o curso. Que na última quinta-feira (9), no dia que se comemora o dia do veterinário, os profissionais da universidade e a cidade de Campina Grande ganharam um instrumento muito importante para a causa animal, com o Hospital Universitário da Faculdade Rebouças, com sala de ultrassom, laboratório de análises clínicas, centro cirúrgico de ponta, internamento com cromoterapia, etc.

Agradeceu também a parceria com o Centro de Controle de Zoonoses, e a propositura do vereador Pr. Luciano Breno, assim como ao vereador Olímpio Oliveira que já propôs uma sessão em alusão ao bem-estar animal.

A vereadora Eva Gouveia (PSD) – Ressaltou que o anseio enquanto campinense é realmente ter um hospital veterinário na cidade e que a mesma é autora de projetos como o “Disk Denúncia’’ e o “Espaço de Convivência Pet’’ que prevê a disponibilidade de bebedouros e comedouros para animais de rua.

Abraão Ribeiro – Biólogo e aluno de Medicina Veterinária – Registrou que 1/3 dos alunos já são graduados, mas mesmo assim escolhem a formação em Medicina Veterinária. Destacou também as dificuldades enfrentadas durante a pandemia para acompanhar as aulas, e fez uma fala no sentido de inspirar os colegas a enfrentarem esse momento, dizendo que, “se colocar para o mundo da melhor forma possível, que não é a forma da perfeição, mas é a forma de sobreviver sobre todas as circunstâncias, aprendendo com erros e mais erros’’ – finalizou.

O vereador Rubens Nascimento (DEM) – Registrou que os estudantes de medicina veterinária são grandes cuidadores de animais. Citou também uma experiência pessoal, onde ele e sua família construíram uma casinha na frente da sua casa para um animal de rua, não o adotando por receio do comportamento desconhecido do animal, sobretudo com as crianças, e que posteriormente a sua vizinhança também acolheu o animal, proporcionando carinho, cuidados e alimentação e que com esses gestos é possível atestar a felicidade, as dores, a alegria, que o animal demonstra sentir ao ser acolhido.

Andreína Pinto de Almeida – Representante dos alunos da Faculdade Rebouças – Fez uma leitura de uma mensagem especial para Jeanine Nóbrega de Figueiredo e Fábio Rebouças, Fundadores da Faculdade ressaltando a trajetória enquanto empreendedores e empresários, destacando que está maravilhada com a concretização do projeto que é de todos.

Helder Camilo – Médico Veterinário e Professor Veterinário da Faculdade Rebouças – Fez uma apresentação expondo a importância dos pets para a prevenção do suicídio, ressaltando que são constatados dados alarmantes em relação ao suicídio no Brasil e como enfrentamento, ele trouxe informações de como os animais podem atuar na prevenção da depressão e do suicídio, promovendo alegria e bem-estar a pessoas que são acometidas pela depressão.

Ao final da sessão, foi exibido um Vídeo do Vice-Prefeito Lucas Ribeiro que cumprimentou todas as autoridades presentes, assim como a todos os demais profissionais, parabenizando pelo Dia do Médico Veterinário, que se comemora nesta presente sessão, assim como se levanta pautas importantes desses profissionais. Registrou que a gestão municipal e a Prefeitura Municipal de Campina Grande estão ao lado dessa importante categoria.

O vereador Luciano Breno encerrou a sessão parabenizando os veterinários, os professores e estudantes e agradeceu a presença de todos.

DIVICOM/CMCG

Foto: Josenildo Costa

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Destaques
Comments are closed.