Caminhada Penitencial proporciona a conversão, diz Pe. Márcio Henrique

No próximo domingo, dia 17, os católicos da diocese de Campina Grande estarão reunidos na tradicional Caminhada Penitencial, que reúne cerca de 30 mil pessoas. O percurso de aproximadamente 8km começará a ser percorrido após a Missa na Catedral, celebrada às 5h30 da manhã. Na chegada ao Convento Ipuarana, em Lagoa Seca, o Bispo Diocesano, Dom Manoel Delson, conduzirá um momento celebrativo, encerrando a programação.caminhada

Para o Pe. Márcio Henrique, Vigário Geral da Diocese e coordenador da Caminhada, o evento é mais uma oportunidade de vivenciar mais profundamente o Tempo da Quaresma. “A Caminhada é importante porque o tempo da quaresma proporciona esta penitência, então ela proporciona uma meditação nas pessoas sobre o que é essencial na sua vida.” Explicou o padre.

Os fieis são convidados, no Tempo de Quaresma, a uma preparação mais intensa para viver a Semana Santa, que é a Paixão, morte e a Páscoa do Senhor. Pe. Márcio reforça que “esta preparação é feita através de exercícios espirituais propostos pela Igreja, um deles é a Caminhada Penitencial, além do Jejum, oração e caridade”.

O Padre ainda explicou que o objetivo da Caminhada é a conversão das pessoas. “Quem aumenta as orações no período da quaresma, o faz porque quer combater os males espirituais, combater os pecados, quer mudar de vida. Não há sentido sair de casa para caminhar se o objetivo não for a oração, para buscar a conversão.” Disse.

Da Catedral até o Convento Ipuarana, será meditada a Via-Sacra, que é a reflexão dos passos de Jesus do momento a condenação até Sua morte e ressurreição.

Pascom Diocesana

 
Comments are closed.