Centro de Vivência para os prestadores de serviço é inaugurado na UFCG e garante espaço humanizado para os trabalhadores

Foi inaugurado nesta segunda-feira, 08, na Universidade Federal de Campina Grande, o Centro de Vivência Josafá Rodrigues da Silva, uma parceria entre a reitoria da UFCG, o Ministério Público do Trabalho e o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas Prestadoras de Serviço de Campina Grande (Sinteps/CG), que vai beneficiar os prestadores de serviço que atuam na instituição.

O centro nasceu a partir da constatação, através de fiscalizações, quanto às más condições que esses trabalhadores enfrentavam no momento das suas refeições e descanso, pela ausência de um espaço minimamente adequado e que assegurasse uma estrutura digna para a categoria. Diante dessa realidade, o presidente do Sinteps/CG, Alexandre Pereira, acionou o MPT.

“Os trabalhadores ficavam isolados, perto de um canal com esgoto, enquanto outros faziam suas refeições dentro de um porão, outros nas calçadas, enfim, em condições extremamente precárias e inaceitáveis. Por isso, buscamos o MPT, foram realizadas audiências, e houve a celebração de um acordo para a montagem desse espaço”, explicou Alexandre.

O presidente do Sinteps/CG destacou a importância da intervenção do Ministério Público do Trabalho, na pessoa do procurador Raulino Maracajá, incluindo a doação de móveis para o espaço, além da disposição da reitoria da UFCG em resolver o problema. “Garantir condições adequadas e humanas para os prestadores de serviço é uma missão fundamental do nosso sindicato e, nesse sentido, agradecemos a parceria com o MPT e a atenção da UFCG”, disse Alexandre.

Assessoria 

 
Comments are closed.