Confira seis passos para plantar tomates em estufa

A plantação de tomates em estufa se transformou em uma importante alternativa para os produtores. Com a proteção das plantas contra chuvas e um manejo adequado da temperatura, é possível criar o ambiente mais favorável, permitindo frutos de qualidade e maior produtividade. “A escolha pela estufa permite que os agricultores, façam até dois ciclos de plantio”, ressalta o Engenheiro Agrônomo e Gerente de Vendas da Horticeres Sementes, Ricardo Mikami.

Confira seis passos fundamentais na hora do cultivo do tomate Vero em estufa:

Passo 1: Selecione a área a ser cultivada com antecedência, dando preferência aos locais onde não foi cultivada alguma solanácea. Caso não seja possível, é fundamental analisar o histórico da incidência de algumas doenças de solo (Verticillium, Fusarium, Bactérias etc.) da produção anterior.

Passo 2: Após definir a área, retire amostras do solo para a análise, com o objetivo de conhecer suas condições químicas e estabelecer as necessidades de aplicação de calcário, matéria orgânica e fertilizante.

Passo 3: Para obter informações sobre a exigência nutricional das plantas em seus diferentes estágios fenológicos e, consequentemente, auxiliar o programa de adubação, analise criteriosamente a curva de absorção de nutrientes da cultura.

Passo 4: Todas as etapas de preparo do solo devem ser feitas com antecedência com muito critério: calagem (quando necessário), matéria orgânica e fertilizantes com macro e micronutrientes.

Passo 5: Utilize mudas de qualidade oriundas de viveiros profissionais, evitando disseminação de doenças e garantindo melhores resultados de produtividade.

Passo 6: Escolha sempre o espaçamento em função do sistema de condução, época do ano e estrutura da estufa.

Alfapress Comunicações
Foto: Google

 
Comments are closed.