Conheça os desafios das redes educacionais com a implementação da BNCC

No início de 2019, a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) começou a ser implantada no Brasil, e como toda reestruturação, há alguns desafios a serem enfrentados. Além de um novo arranjo de conteúdo, a mudança propõe uma abordagem metodológica de protagonismo do aluno. Vinícius Beltrão, Especialista de Ensino e Inovações Educacionais do SAS Plataforma de Educação, elenca quais são os obstáculos da rede pública e privada neste processo.

“Na rede particular, desde o ano passado alguns sistemas de ensino já se preocuparam em falar sobre a BNCC em seus congressos e já entregaram às escolas um material redesenhado, o que facilitou a adaptação”, analisa Vinícius. “Já na rede pública, esses eventos tiveram início este ano, retardando a fase de entendimento das alterações propostas pelo documento normativo”.

Para o especialista, os professores devem entender que essa transição exige esforço e que não está questionando seu grau de conhecimento, mas sim a maneira que se transmite aos alunos. “As aulas devem ser planejadas pensando no protagonismo dos estudantes, baseadas em métodos ativos de ensino, como aula invertida, o ensino híbrido, estudo de campo, grupos de observação e verbalização, rotação por estações entre outros”.

Ambas as redes serão afetadas pelas transformações, o que muda é a forma de analisar os erros e acertos nesta fase. “Períodos de transição são os momentos de experimentação, com êxitos e equívocos. É importante saber lidar com erros, e entender que devem ser avaliados como aprendizado. Afinal, todo a rede educacional do país vive um modelo educacional novo”, completa Beltrão.

Sobre o SAS Plataforma de Educação

O SAS é uma Plataforma de Educação que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços para mais de 780 escolas em todo o Brasil. O SAS faz parte da Arco Educação, uma startup focada em soluções educacionais para o ensino básico que alia educação de excelência e gestão eficiente.

 

Mylena Zintl mylena.zintl@maquina.inf.br 

 Foto: Positivo

Comments are closed.