Cooperativas se unem para fortalecer agricultura familiar em todo o País

foto google
foto google

Entidades que representam a agricultura familiar no Brasil se uniram para congregar as cooperativas e a economia solidária em todo o País. Três grandes organizações formam, agora, a União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias (Unicopas), que teve seu estatuto aprovado e o conselho diretor definido durante o evento, que segue agora para Brasília (DF).

A União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), a Confederação das Cooperativas da Reforma Agrária do Brasil (Concrab) e a Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol) formam a Unicopas, que terá a missão de fortalecer, cada vez mais, a agricultura familiar.

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, representante da presidenta Dilma Rousseff, ressaltou a importância dessa união entre as cooperativas. “Os agricultores familiares agora podem sobreviver com mais dignidade. É uma iniciativa que o Brasil precisa conhecer melhor. Precisamos mostrar a importância desse país ainda desconhecido. O nosso sentimento com o cooperativismo é de gratidão, pela persistência que todos tiveram em se unir”, disse.

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, reafirmou que a participação dessa parcela da sociedade é fundamental para o crescimento e fortalecimento do País. “Esse é um dia importante e histórico para nós, mas somente mais para frente teremos a dimensão de tudo isso. Precisamos ainda de grandes avanços em diversos setores, sim, mas é inegável que nesses últimos 12 anos levamos inclusão, políticas públicas, renda e trabalho a tantas pessoas”, comentou. “O nosso desafio com a Unicopas é fazer com que tantos agricultores que ascenderam social e economicamente sejam cidadãos que fortaleçam ainda mais essas organizações cooperativistas”, definiu.
Integração
O presidente da Unicopas, Luiz Possamai, mostrou-se confiante com a união das entidades e lembrou que as portas estarão abertas para a integração de outras cooperativas. “Esse é um namoro de mais de cinco anos que se transformou em casamento. A ação vai fortalecer o cooperativismo e facilitar até mesmo o diálogo com o Governo Federal. Espero que tenhamos grandes conquistas neste ano, que é especial por ser o Ano Internacional da Agricultura Familiar, e ganhar o espaço que é devido para essas entidades”, argumentou.

Alessandra Dunas, secretária de Mulheres da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), representou as mulheres durante o ato e destacou que a Unicopas será fundamental na construção de um uma economia mais solidária e justa. “Somos todos parceiros nesse desafio de concretizar esse desenvolvimento de ações no campo e, também, na cidade, para avançarmos cada vez mais. O cooperativismo é fundamental nesse sentido”, garantiu.

Comments are closed.