Cooperativa em Campina Grande oferece oportunidades para catadores

recO antigo lixão foi desativado a cerca de dois anos, deixando os trabalhadores sem formas para se sustentar. Desde então os catadores que viviam daquela forma de sustento foram transferidos para cooperativas de reciclagem que funcionam na cidade.

Em Campina Grande, existem cerca de 500 catadores de lixo concentrados nas ruas e nos lixões. Em 2011 um grupo de catadores se uniu para montar a Cooperativa de Catadores Autônomos de Materiais Recicláveis Futura – COOPFUTURA, em novembro deste mesmo ano, houve uma assembleia com 20 pessoas, entre elas um advogado e um contador voluntário, os catadores que ali estavam receberam orientações de como a cooperativa deveria funcionar e como deveria ser formalmente legalizada.

Foi então que eles tiveram a iniciativa de ocupar um galpão para servir de espaço físico para armazenamento destes materiais. Com o empréstimo deste local e a aquisição de um moinho para utilização nas atividades iniciais, este grupo teve a ideia de criar uma cooperativa, que possibilitaria a organização formal de uma reciclagem. Enquanto o processo de formalização estava em andamento, o galpão foi cedido gratuitamente, só passando a ser considerado aluguel após a legalização e estruturação da cooperativa.

Atualmente a cooperativa é legalizada junto à Prefeitura Municipal de Campina Grande, ao Corpo de Bombeiros da Paraíba e à Secretaria da Receita Federal, e está em funcionamento com suas atividades de coleta e separação de resíduos para reciclagem. Passou há pouco por uma reforma na parte elétrica do galpão, perfurou um poço para a água utilizada no processo de lavagem do material. Todos os cooperados trabalham devidamente identificados e seguros com equipamentos de Proteção Individual indicado para as tarefas que desenvolvem. Hoje a COOPFUTURA atende um bom número de clientes de diversos estados, a diretoria procura o apoio de órgãos governamentais para a consolidação do projeto.

Endereço da cooperativa: R Daniel Luiz Rodrigues, 480, Velame, Campina Grande.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo