COPA DO BRASIL Campinense visita Sampaio Corrêa para tentar fazer história

Castelao2Ainda com a esperança de fazer história da Copa do Brasil, o Campinense encara o Sampaio Corrêa às 20h30 desta quarta-feira, no Estádio Governador João Castelo – “Castleão”, em São Luís-MA. Para passar à segunda fase da competição, feito inédito no currículo rubro-negro, é necessária qualquer vitória, desde que os paraibanos façam dois ou mais gols. Com 1 a 0 de vantagem, o Campinense leva a decisão para os pênaltis, já que foi derrotado na semana passada, em Campina Grande, pelo mesmo marcador.

Sem o meia Bismarck, a delegação raposeira desembarcou no Maranhão na tarde de segunda-feira. Em solo ludovicense, o técnico Oliveira Canindé Lopes comandou apenas atividades leves e selecionou os jogadores para treinarem cobranças de penalidades.

Nos dois últimos jogos, contra Sampaio e CSP, no Amigão, a Raposa perdeu e empatou respectivamente. A última vitória foi justamente longe de casa, no Sertão paraibano, contra o Sousa. E pelas declarações do treinador cartola, o Campinense vai precisar mudar seu jeito de atuar para surpreender os adversários.

“Parece que os times aprenderam a jogar contra a gente. Mas nós temos um grupo de atletas muito aguerrido, que sabe o que pode produzir. Com o trabalho que está sendo feito, tenho certeza que os jogadores vão assimilar aquilo que nós queremos”, pontuou Canindé, ainda antes de deixar Campina Grande.

Uma dessas mudanças pode acontecer no ataque. O atacante Zé Paulo deve dar lugar a Selmir ou Luiz Paulo, jogadores mais altos e com características de “homem-referência” na frente. No setor de criação, Ricardo Maranhão vai permanecer com a camisa 10, tendo a volta do volante Wellington, recuperado, na frente da defesa.

Sampaio Corrêa

Assim como o Campinense, o Sampaio utilizou um time misto no final de semana, pelo estadual. Empatou sem gols com o Bacabau, fora de casa. Para o duelo contra os paraibanos, o técnico Everton Goiano espera um adversário mais perigoso do que no jogo de ida.

“Temos que ter cuidado nesse jogo no Castelão. Tenho acompanhado o time deles, agora mais nos jogos fora, e eles têm mostrado um futebol melhor na casa do adversário. Mas vamos trabalhar nesses dias para tentar impor nosso ritmo”, comentou o treinador, que definiu a equipe e não vai mudar em relação ao jogo de quarta passada, no Amigão.

A expectativa da diretoria do Sampaio Corrêa é de que mais de 30 mil torcedores se façam presentes no Castelão.

A arbitragem da partida fica por conta do Cearense Glaysto Gonçalves da Silva, tendo como auxiliares os conterrâneos Thiago Gomes Brígido e Anderson Silveira Ribeiro.

Prováveis escalações

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Denilson, Mimica, Paulo Sérgio e Deca; Robson Simplício, Arlindo Maracanã, Eloir e André Beleza; Pimentinha e Júnior Chicão. Técnico: Everton Goiano

Campinense: Pantera, Tiago Granja, Edvânio, Roberto Dias e Panda, Wellington, Dedé, Glaybson e Ricardo Maranhão; Jefferson Maranhense e Luiz Paulo (Selmir). Técnico: Oliveira Canindé Lopes (Phillipy Costa)

Load More Related Articles
Load More By edsolza
Load More In 
Comments are closed.