Em nível de diretoria, os Bancos são os que mais pagam para os profissionais de marketing

foto google
foto google

Estudo de Remuneração da Michael Page aponta as áreas que melhor remuneram os profissionais do setor

Durante décadas o Brasil foi um mercado de produtos. Agora, consolidando a sua transformação em um mercado de marca, o papel dos profissionais de marketing cresce em importância e as funções da área são valorizadas. É o que aponta o Estudo de Remuneração 2013 / 14 da Michael Page,  levantamento que tem como base 75 mil profissionais de 41cargos, em seis regiões do país, dos setores de Serviços, Farmacêutico, TI e Telecom, Química e Agronegócios, Agências de Publicidade, Bancos, Construção Civil e Bens de Consumo.

“O principal indicador do estudo é que as primeiras linhas de profissionais são reconhecidas e bem pagas. Geralmente, as verbas de marketing são as primeiras a serem cortadas em momentos delicados, mas mesmo assim os profissionais são valorizados. O ano de 2013 foi o ano de trabalhar a marca e 2014 será um exercício para consolidar esta posição no ponto de venda e tentar aproveitar todas as oportunidades que os grandes eventos trarão”, diz, João Nunes, diretor da divisão de marketing da Michael Page. 

O levantamento apontou que, em São Paulo, nas empresas de grande porte, a remuneração de um diretor de comunicação ou marketing do setor varia de R$ 30 mil a R$ 50 mil, valores maiores do que a edição passada do estudo (R$ 25 a R$ 35 mil). Os gerentes de comunicação ou marketing de bancos de grande porte, por sua vez, recebem entre R$ 15 e R$ 25 mil, número que também supera o levantamento do ano passado (R$ 15 a R$ 20 mil). Já os gerentes de CRM e os gerentes de inteligência de mercado mantiveram os rendimentos estáveis na casa de R$ 12 e R$ 20 mil e R$ 15 e R$ 20 mil respectivamente.

A área de TI e Telecom aparece em segundo lugar. Os diretores de comunicação e marketing das empresas de grande porte tem remuneração entre R$ 28 e R$ 48 mil, na edição passada esse valor variou entre R$ 28 e R$ 40 mil. Na sequência aparecem os profissionais de marketing de Bens de Consumo. Os diretores de marketing desta área faturam entre

R$ 35 e R$ 45 mil, patamar que não apresentou grande variação. “ A atividade no setor é mais operacional. Vimos a consolidação do digital no mix de marketing e mais investimentos em consumer insight”, diz Nunes.

Caso à parte

Ainda segundo João Nunes, no que diz respeito às agências de publicidade, as mudanças costumam acontecer em funções das próprias agências – fusões e aquisições e não por questões de mercado. “ Os grandes grupos internacionais estão cada vez mais investindo no Brasil. Há muitos investimentos em pesquisa de mercado em busca de identificação de padrões de consumo. O setor continua demandando muito”, finaliza.

Os profissionais com melhor remuneração na estrutura de uma agência são os diretores de mídia – R$ 22 e R$ 45 mil nas empresas de grande porte, seguidos pelos diretores de atendimento – R$ 25 e R$ 40 mil – e diretores de planejamento – R$ 25 e R$ 35 mil.

Sobre a Michael Page

A Michael Page é um dos maiores players mundiais em recrutamento especializado. Fundada na Inglaterra em 1976, é especializada em recrutar candidatos em middle e top management, em todo o mundo, sendo a consultoria de recrutamento líder e pioneira na América Latina.

Mais informações

Conteúdo Comunicação

Fábio Pimentel (fabio.pimentel@conteudonet.com)  – (11) 9 6779-7442

Juliano Del Manto (juliano.delmanto@conteudonet.com) (11) 9 81336514

www.conteudocomunicacao.com.br

www.twitter.com/agenciaconteudo

www.michaelpage.com.br

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo