Empreendedor paraibano cria startup voltada à transformação social de diaristas


Iniciativa, que também opera no Rio Grande do Norte, promove a valorização do empreendedorismo feminino

Uma ideia, surgida a partir da necessidade da prestação de um serviço, foi o que fez o paraibano André Jales Henriques da Costa, natural de João Pessoa, dar uma pausa na carreira de engenheiro químico e investir em um novo ramo. O objetivo era trabalhar a transformação social por meio de um aplicativo voltado às diaristas. “Desde o início, tivemos o pensamento de promover a valorização do empreendedorismo feminino. Não queríamos apenas oferecer diárias de faxina, mas desenvolver uma cultura: das ‘Embaixadoras do bem-estar’”, revelou.

A startup oferece um ambiente de capacitação e qualificação para essas trabalhadoras nos serviços de faxinas, de forma segura, com o suporte necessário e benefícios garantidos. “A empresa possui uma plataforma digital em que as prestadoras de serviço podem se cadastrar para trabalhar e, após aprovadas, ficam disponíveis para agendamentos de faxinas (com ou sem produtos inclusos) e serviços de passar roupas”, disse.

Criada em conjunto com um amigo da faculdade, Lucas Mateus Dantas Maia, a ideia surgiu na casa do pai de André, em Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa. “Precisávamos de um encanador e não sabíamos onde encontrar, de forma rápida e segura. A partir dessa dificuldade, começamos a nos questionar sobre como seria esse mesmo problema na cidade de Natal, no Rio Grande Norte, onde eu e Lucas moramos atualmente. Foi aí que chegamos ao ramo das faxinas, que enfrenta os mesmos questionamentos”, explicou.

A plataforma surgiu e se estabeleceu, inicialmente, em Natal. Mas, vem ganhando outros espaços, a exemplo da Paraíba. “Mensalmente, temos um encontro presencial da empresa onde aplicamos treinamentos, apresentamos o crescimento do negócio e mostramos, a todos os integrantes (incluindo as Embaixadoras), os planos para as semanas seguintes”, destacou.

 Em João Pessoa

Todas as profissionais garantem benefícios e auxílios pois são MEI (Microempreendedoras Individuais), mantendo uma relação de parceria com a empresa e profissionalização pela padronização dos serviços, precificação justa e autonomia para escolher o dia e horário de trabalho. “Tudo isso em funcionamento gera uma transformação de vida significativa para as Diaristas cadastradas na Tidmo”, reforçou.

De acordo com André, há um ponto de apoio em João Pessoa, onde as Embaixadoras podem pegar uniformes e produtos de limpeza, caso desejem trabalhar no serviço ‘Faxina com Produtos’, sendo esse um dos benefícios oferecidos. Adquirindo uma linha específica de produtos de limpeza, parceira da empresa, elas têm a oportunidade de receber cerca de 30% bruto a mais só por utilizarem os itens na prestação do serviço.

“Esse acréscimo pode variar entre 30 e 40%, a depender da modalidade de faxina, se é padrão ou complexa, por exemplo. A ‘complexa’ envolve um trabalho maior e, consequentemente, o ganho financeiro também aumenta”, explicou André.

Ele disse, ainda, que entregar melhores condições de vida e valorização aos que trabalham com faxinas é um dos principais objetivos da startup, uma vez que a empresa investe fortemente na formação das pessoas. “Por conta disso, quem contrata os nossos serviços é diretamente beneficiado com um profissional diferenciado com relação ao mercado”, garantiu.

Tidmo

A operação da Tidmo, como é denominada a startup, iniciou-se em janeiro de 2019 e, desde então, vem transformando vidas por meio da profissionalização do serviço de faxinas e entregando bem-estar a ambientes residenciais e corporativos.

Entre as perspectivas dos empresários está a expansão do negócio com prazo estabelecido. “Até 2022, queremos estar presentes em quatro capitais do Nordeste e sendo reconhecidos pela segurança, qualidade e transformação de vidas”, disse o empreendedor paraibano.

Assessoria de Imprensa

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Economia
Comments are closed.