Estudo do Ipea estima custos da atenção básica em saúde

aNota técnica calcula a remuneração média dos profissionais que compõem as equipes de saúde da família

O Ipea divulgará nesta segunda-feira, 9, uma Nota Técnica que trata da atenção básica em Saúde e dos custos envolvidos na montagem de equipes de saúde da família (ESF). O estudo será apresentado, às 14h30, pela técnica de Planejamento e Pesquisa Roberta da Silva Vieira, durante o seminário Necessidade de financiamento da atenção básica, na sede do Instituto, em Brasília (Setor Bancário Sul, Quadra 1, Ed. BNDES/Ipea, auditório do subsolo).

A atenção básica é uma das formas prioritárias de acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS). Contudo, ela enfrenta dificuldades de infraestrutura, de gestão e também para atrair e manter profissionais, particularmente fora das zonas centrais das grandes cidades. A pesquisa do Ipea traz estimativas de remuneração média dos profissionais que compõem as equipes de saúde da família e de saúde bucal, além de comparar os custos dessas equipes com os valores financiados pelo Ministério da Saúde.

Seminário
O seminário Necessidade de financiamento da atenção básica será organizado pelo Instituto em parceria com o Ministério da Saúde (MS). Farão parte da mesa de abertura, às 14h, o diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, Rafael Osorio, a coordenadora-geral de Economia da Saúde do MS, Fabiola Vieira, e o diretor do Departamento de Atenção Básica, Heider Pinto.

Confira a programação

Serviço
Lançamento da Nota Técnica do Ipea sobre atenção básica em saúde
Dia: 9 de dezembro de 2013
Horário: 14h30
Local: Ipea, Brasília (Setor Bancário Sul, Quadra 1, Ed. BNDES/Ipea, auditório do subsolo)

Ipea – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

www.ipea.gov.br

Fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada fornece suporte técnico e institucional às ações governamentais – possibilitando a formulação de inúmeras políticas públicas e programas de desenvolvimento brasileiro – e disponibiliza, para a sociedade, pesquisas e estudos realizados por seus técnicos.

Assessoria de Comunicação
(61) 3315-5334

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo