Ivonete Ludgério afirma que atual legislatura tem mudado a imagem da CMCG

A vereadora Ivonete Ludgério (PSD) foi a entrevistada dessa segunda-feira (04) do programa Correio da Manhã, na Rádio Correio FM, com os jornalistas Carlos Sousa e Hiran Barbosa. Entre vários assuntos, ela falou da participação das mulheres na política e a atuação dos vereadores que compõem a atual legislatura da Câmara Municipal de Campina Grande. Segundo Ludgério, a dedicação e o compromisso dos atuais vereadores têm mudado positivamente a imagem do parlamento campinense.

De acordo com a presidente, é importante que a população acompanhe cada vez mais o que acontece no Poder Legislativo campinense. Ela lembrou que a marca dessa atual legislatura é o trabalho. “Os vereadores estão compromissados com o povo e se empenhando em dar o seu melhor”, disse Ivonete.

Como prova disso, a produção parlamentar aumentou em 40% no primeiro semestre. Houve um acréscimo também no número de sessões extras, onde se inclui as Audiências Públicas que debatem sobre os principais problemas da cidade e buscam soluções rápidas. Mesmo quando oito vereadores se ausentaram da cidade durante alguns dias para participar de audiências em Brasília buscando providências para problemas da população, a CMCG realizou todas as sessões ordinárias da semana com um quórum suficiente para votações.

“Existe corrupção em quase todas as esferas da nossa sociedade, mas o foco grande hoje é na política. Por isso Temos que preservar nosso espaço para fazer com que a nossa Casa melhore em relação às outras casas legislativas; para que a população veja que ainda existe gente boa e honesta na política e com vontade de trabalhar”, disse Ivonete, afirmando que sua gestão está focada em melhorar a imagem da Casa de Félix Araújo perante à população e que os vereadores estão dando bons exemplos através do trabalho.

Sobre a participação das mulheres na política campinense, Ivonete expressou o desejo de ver mais mulheres ocupando vagas no parlamento. Em Campina Grande ela é única mulher entre os 23 vereadores. Já em Patos, numa cidade com 17 vereadores, há cinco mulheres no parlamento. “Existe alguns fatores. Um deles é que o número de candidatas ainda é reduzido. Falta um pouco de interesse e há também um certo preconceito. Mas credito que Campina Grande poderia ter um número maior de mulheres ativamente na política”, comentou.

Assessoria de Comunicação

Presidência Câmara Municipal de Campina Grande

Gabinete Vereadora Ivonete Ludgério (PSD)

Comments are closed.