Neste sábado tem Cavalgada Junina no Maior São João do Mundo

A Cavalgada Junina, com inspiração nos Tropeiros da Borborema, se afirma como um dos eventos de grande apelo cultural na programação do Maior São João do Mundo. A marcha ritmada do cavalo Mangalarga Marchador faz uma toada harmoniosa com os sons da sanfona, do triângulo e do zabumba, como se fosse um quarto e inusitado instrumento, na formação do forró genuíno.

Neste sábado, dia 15 de junho, a tradição se renova. A partir das 8h, amazonas e cavaleiros se concentram na Estação Velha, de onde seguem em percurso pelas ruas centrais de Campina Grande. Antes da finalização no Clube Campestre, com muito forró-pé-de-serra, acontecerá um bate-sela (parada estratégica) na Madeireira Colombo.

A expectativa é de que a Cavalgada Junina, a exemplo do que aconteceu nos cinco últimos anos, repita o alto nível de aceitação entre o público de todas as idades. As pessoas, atraídas pelo marchado peculiar e pela docilidade dos cavalos da raça Mangalarga Marchador, saem às ruas para ver a passagem desses novos ‘Tropeiros da Borborema’.

Histórico – As cavalgadas têm motivação esportiva, religiosa ou cívica e são muito bem aceitas e praticadas no Nordeste. Em Campina Grande elas ganham uma feição cultural, sobretudo porque remetem às origens e a um dos seus símbolos mais expressivos da cidade: os Tropeiros da Borborema.

Esse apelo cultural, cuja origem remonta aos séculos 17 e 18, foi a principal razão para a inclusão da Cavalgada Junina na programação oficial do Maior São João do Mundo. O prefeito Romero Rodrigues expressou a sua satisfação, com o engrandecimento e o interesse que o evento desperta na população de Campina Grande e nos turistas.

Codecom PMCG

Foto: Google

Comments are closed.