Novos prefeitos devem atualizar o Suas para evitar perda de recursos

O Brasil já está com todas as prefeituras lideradas pelos novos gestores eleitos no ano passado. E eles têm um desafio pela frente: manter o combate à Covid-19 ao mesmo tempo em que oferecem os serviços básicos à população em favor de uma melhor qualidade de vida. E isso diz respeito aos dados da Assistência Social para acesso às plataformas de informação do Sistema Único de Assistência Social (Suas), uma plataforma de fluxo de dados nas operações, armazenamento e financiamento para as prefeituras.

Os novos gestores e representantes dos Municípios precisam se cadastrar para ter acesso às plataformas do Suas. A permissão deve ser concedida pelos gestores responsáveis pela criação de login para os técnicos que atuam nos serviços e programas do Suas. O login inicial será o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do servidor e o próprio sistema gera a senha automaticamente. No caso de vinculação do novo secretário, é necessário inserir a data de mandato vigente, com o início e fim da gestão.

Para ter um passo a passo mais detalhado de como acessar esse sistema, o Ministério da Cidadania contribuiu na elaboração do Guia do Novo Prefeito, divulgado pelo governo federal, e é um documento onde o gestor vai encontrar as principais orientações para os primeiros 100 dias da gestão municipal. De acordo com o secretário substituto de Assistência Social do Ministério da Cidadania, Miguel Oliveira, dentre os pontos importantes para uma gestão que começou agora em 2021 é o credenciamento da rede Suas.

“O Cadsuas é o cadastramento do Sistema Único de Assistência Social. Nele são cadastradas todas as informações das prefeituras, unidades gestoras, dos fundos, conselhos municipais, da rede socioassistencial e dos trabalhadores do Suas. Por isso, é de suma importância mantê-lo sempre atualizado, pois é com base nesses dados que são operacionalizados os financiamentos e a prestação de conta dos recursos da assistência social. É imprescindível que exista, pelo menos, uma pessoa na secretaria com permissão para acesso e atualização dos dados do Cadsuas”, destacou Oliveira.

Agência do Rádio

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Saúde
Comments are closed.