Onda de calor faz florestas da região central de Portugal pegarem fogo

Na noite deste domingo (21), incêndios rurais afetaram a região central de Portugal, o  Comandante Operacional de Agrupamento Distrital do Centro Sul, Luís Belo Costa, confirmou que várias habitações foram atingidas pelas chamas e ficaram destruídas.

“Temos registro de habitações atingidas pelas chamas. Não temos nenhuma análise feita à prioridade dessas habitações. Nem tenho ainda nenhum número viável que possa ser divulgado”, disse para a imprensa que estava na região de Sertã.

De acordo com o Comandante da Proteção Civil, os incêndios “foi e estão sendo muito complexos, muito difícil devido aos fatores meteorológicos”.

Já a responsável pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), revelou que, no total, nestes dois dias de incêndios, 30 pessoas foram atendidas, sendo que uma delas, foi encaminhada para o hospital, devido à inalação de fumaça.

Ao longo do dia estiveram envolvidos no combate às chamas 14 meios aéreos “durante ao período máximo de empenhamento”.

“Vamos tentar que esta noite – aproveitando a umidade e baixa temperatura” o fogo seja dominado, declararam as autoridades.

As autoridades acreditam que a partir desta segunda-feira (22), as temperaturas devem cair em todo o país.

 info@newsbox.noticiasaominutobr.com

Foto: © DR
 
Comments are closed.