Perímetro de Várzeas de Sousa promove recolhimento de embalagens de agrotóxicos  

Os produtores rurais do perímetro irrigado de Várzeas de Sousa, no sertão paraibano, participam na próxima semana do 2º Dia do Campo Limpo. Entre os dias 28 (terça) a 30 (quinta), o perímetro receberá embalagens vazias de agrotóxicos. A iniciativa é promovida pela Associação dos Revendedores de Produtos Agropecuários do Nordeste (Arpan), a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), revendas locais e produtores.

Este é o segundo recebimento itinerante de embalagens vazias realizadas no perímetro: o primeiro ocorreu em dezembro do ano passado e recolheu 382 quilos de embalagens.

O coordenador de produto do perímetro, Rogério Paganelli, ressalta a importância do evento. “O dia do campo limpo é uma forma de conscientizar os produtores e seus familiares sobre a preservação do meio ambiente. Paralelo à ação também terá a palestra sobre o controle da fitossanidade (propriedade que as plantas e árvores em geral têm de se recuperar de pragas e doenças que as atacam) nos perímetros irrigados”, explica.

O material recolhido será transportado para a central da Arpan em Carpina (PE), que destinará as embalagens para reciclagem ou incineração.

O perímetro de Várzeas de Sousa, com uma área irrigável de 4.391 hectares e mais de 300 famílias, está situado entre os municípios de Sousa e Aparecida e é fruto da parceria do Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Irrigação, com o Estado da Paraíba. 

Normas de recolhimento

A lei federal nº 9.974, de 2000, determina normas para o recolhimento dessas embalagens entre agricultores, canais de distribuição, indústria e poder público.

De acordo com legislação, o produtor deve fazer a tríplice lavagem e perfurar a embalagem para evitar a reutilização. Esse recipiente pode ficar armazenado na propriedade por até um ano.

Antes da lei, as embalagens eram enterradas, queimadas ou jogadas em rios, causando danos ao ambiente e à sociedade.

Os distribuidores e os revendedores do produto são obrigados a colocar na nota fiscal o local onde o agricultor deve devolver as embalagens, neste caso, as centrais e postos. Existem 400 unidades de recebimento distribuídas em 25 Estados e no Distrito Federal.

Info Assessoria de Comunicação Social Ministério da Integração Nacional
(61) 2034-5296/5528

E-mail: imprensa@integracao.gov.br

Portal: www.mi.gov.br

facebook.com/br.integracao

twitter.com/br_integracao

Comments are closed.