Programa da SEMAS é referência no combate ao trabalho infantil

O Município de Campina Grande, foi indicado, como cidade referência no que se diz respeito ao Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil (PETI), durante a Oficina Técnica das Ações Estratégias do PETI (Simpeti),realizado na cidade de João Pessoa na última quarta feira, 20, a oficina foi promovida pela Gerência da Proteção Especial de Média Complexidade, através da Secretaria do Estado e Desenvolvimento Humano.

O estado da Paraíba possui 18 municípios, que desenvolvem estratégias do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil. Desde de 2014 a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), aderiu essas ações estratégias e são cases de sucesso, a exemplo da Ação Interserorial realizada durante dos 30 dias de festa no Parque do Povo, no Maior São João do Mundo, a ação previne e combate à exploração sexual e Trabalho Infantil durante o evento, entre outras ações conforme a cartilha do programa.

Durante a oficina de monitoramento, foi possível que os participantes dialogasse sobre o trabalho infantil e sua problemática. Jussara Melo, técnica de referência do PETI Campina Grande, apresentou a experiência exitosa do Programa desenvolvido pelo municio, através do monitoramento, acompanhamento, além do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, alertando os familiares sobre a cultura que criança pode trabalhar. Na prática do trabalho infantil as crianças são negligenciadas, perdem o direito de brincar, de esta na escola.

Segundo o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, é de absoluta prioridade a efetivação dos direitos referente a vida, a saúde, a alimentação, a educação, ao esporte, ao lazer, a liberdade e a convivência familiar e comunitária

Comments are closed.