Raniery Paulino debate sobre ambiente escolar para receber alunos com deficiência

‘2 de abril’ sendo conhecida como a data que visa ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, o deputado estadual Raniery Paulino,   realizou nesta terça-feira (2), uma Sessão Especial para debater sobre a real a situação do ingresso de alunos com autismo nas escolas públicas e privadas do estado. A sessão, de iniciativa dos trabalhos da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Autismo, visou também debater a construção de uma metodologia de ensino aplicada aos alunos portadores do transtorno neurológico.
O parlamentar tem tido um mandato sendo reconhecido por vários seguimentos na Paraíba mantendo na Assembleia Legislativa uma atuação parlamentar importante com diálogo, responsabilidade e produzindo importantes matérias para debater os assuntos voltados para pessoas com deficiência.

Para o deputado estadual Raniery Paulino, presidente da Frente Parlamentar, o objetivo da Sessão Especial é de preparar o ambiente escolar para receber alunos com quaisquer tipos de deficiência.  “Hoje é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, mas já estabelecemos na Frente Parlamentar algumas prioridades para uma educação inclusiva, e estamos discutindo desde a negativa de algumas escolas públicas ou privadas de matricular os alunos até o acompanhamento pedagógico”, afirmou.

A conselheira estadual da Rede Unificada Nacional e Internacional em Defesa dos Autistas (Reunida), Isabella Virgínio, ressaltou que o principal desafio é reivindicar o direito de ser e existir das pessoas com espectro autista. “Nós, hoje, trouxemos aqui para Assembleia essa discussão de que a gente possa, realmente, conhecer os grandes e graves problemas, e os crimes que têm sido cometidos quando a gente impede qualquer ser humano de frequentar um espaço formal de ensino”, explicou.
Participaram da Sessão Especial os deputados estaduais Anderson Monteiro, Walber Virgolino, Dr Érico e Cida Ramos; o promotor de Justiça, Luiz Nicomedes de Figueiredo Neto; o ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima; o chefe de gabinete da presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Haroldo Serrano de Andrade; a defensora pública Fernanda Peres; o defensor público geral da Paraíba, Ricardo José Costa Souza Barros; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia; a cofundadora do Instituto Primeiro Olhar, juíza Israela Pontes; a coordenadora da Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPP-PB), Suely Fermon; e o presidente do Conselho Estadual de Pessoas com Deficiência, Hellosman de Oliveira.

Assessoria Raniery Paulino ascomdeprp@gmail.com

2 anexos
 
Comments are closed.