Resíduos recicláveis do TRE-PB são doados à cooperativa de catadores

Projeto Rota da ReciclagemQuase 1,5 toneladas de papéis, que incluíam materiais de divulgação (colas eleitorais), cartilhas para o eleitor, cédulas para prefeito, manuais de mesários e cabinas de votação de eleições passadas, além de 233 pneus e peças automotivas em metal inutilizados, foram doados nesta quarta-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) à Associação de Catadores de Resíduos de João Pessoa (Ascare). A ação faz parte do projeto ‘Rota da Reciclagem’, criado em março deste ano pelo Tribunal para recolher resíduos sólidos que antes eram incinerados e entregar para a coleta seletiva.

Conforme explicou a presidente da Comissão de Gestão Ambiental do TRE-PB, Maria Hilarina Aires Nunes, o projeto ‘Rota da Reciclagem’ foi desenvolvido em cumprimento ao disposto no decreto nº 5.940 de 2006, que institui a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.

O material que foi considerado inutilizado pelos setores de almoxarifado e de transporte do TRE-PB, estava ocupando espaço em um prédio anexo do Tribunal, no Distrito Industrial de João Pessoa.

Maria Cristina Lourenço Tolêdo, chefe da Seção de Almoxarifado, disse que o material descartado vêm de eleições passadas, “que não têm uso atualmente e só fica acumulando e ocupando espaço” e que através da doação destes materiais, o galpão onde se guardam alguns deles ficará mais livre. “Com esse desfazimento vamos ter capacidade de abastecimento no nosso galpão”, garantiu.

Já o chefe da Seção de Transportes, Clóvis de Oliveira Filho, também explicou que as peças automotivas descartadas estavam inutilizadas. “As peças são descartadas das oficinas quando a gente manda fazer o serviço de manutenção dos veículos, então a gente pede todas as peças que foram repostas, as usadas, para guardá-las, depois pesá-las e então doá-las. Com os pneus são o mesmo processo”, afirmou.

Esta é a segunda vez que a ação é desenvolvida. Na primeira ação de doação de materiais para catadores, em março deste ano, foram doados 260 kg de papel reciclável provenientes de documentos inutilizados do Cartório de Solânea, 48ª Zona Eleitoral do estado para a Associação de catadores.

 
Comments are closed.