Romero apresenta o projeto do Canal de Bodocongó e encaminha primeira liberação dos R$ 84mi

Acompanhado de técnicos da Prefeitura de Campina Grande, Romero tratou de uma pauta extremamente importante para a cidade: apresentou o projeto e encaminhou formalmente o pedido para a primeira liberação parcial de recursos, na ordem total de R$ 84 milhões, para execução da obra do Canal de Bodocongó.

Durante a reunião, Romero foi assessorado pela secretária Fernanda Ribeiro, de Obras, Rui Barbosa (Coordenador de Programas da União), Raimundo Sousa (Diretor Técnico da Urbema), João Batista Santiago (Gerente Municipal de Contratos) e Amanda Carvalho (arquiteta da Secretaria de Planejamento).

Por parte da Gerência Executiva de Governo, participaram do encontro de trabalho Bruno Lopes Vilar, Jovânio gomes da Silva, Ana Celina Rodrigues e Carlos Alberto Gomes.

Agradecimento aos parlamentares

Durante a reunião, Romero fez questão de registrar seu agradecimento pelo apoio que teve, no ano passado, dos congressistas paraibanos em Brasília.

Destacou a solidariedade e votos dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB), José Maranhão (PMDB) e Raimundo Lira (PMDB), além de todos os deputados federais.

A bancada em peso acatou o pleito de Romero para que o projeto do Canal de Bodocongó tivesse seus recursos assegurados através de uma emenda impositiva, no valor total de R$ 84 milhões.

A Prefeitura só conseguiu retomar a obra no início de agosto do ano passado, após o prefeito reeleito Romero Rodrigues conseguir destravar recursos junto ao Ministério das Cidades.

A obra constitui-se numa das mais uma das importantes na área de infraestrutura do Município.

O Canal tem uma importância fundamental na estrutura viária de Campina Grande, envolvendo os bairros, além do próprio Bodocongó, Malvinas, Dinamérica e Catingueira, com uma população total de quase 200 mil pessoas.

Codecom

Load More Related Articles
Load More By edsolza
Load More In Cotidiano
Comments are closed.