Romero autoriza Semas a distribuir 6 mil cestas básicas em Campina Grande

O prefeito Romero Rodrigues autorizou à Secretaria de Assistência Social do Município (Semas) a compra emergencial de 6 mil cestas básicas, que deverão ser entregues até a próxima semana a famílias carentes de Campina Grande. A medida faz parte do plano de prevenção e controle da disseminação da Covid-19 na cidade.  Até a próxima sexta-feira, a secretária Eva Gouveia homologará o processo, cujo valor é de R$ 280 mil.

De acordo com o planejamento de Eva Gouveia, acertado com Romero Rodrigues em reunião no início da semana, já na próxima segunda-feira, 6,ela assinará contrato com o fornecedor, já pedindo que a entrega das cestas básicas à Secretaria seja agilizada, em função do caráter emergencial da medida. Como já havia um processo licitatório em tramitação na Semas, antes da eclosão da pandemia, a aquisição das cestas básicas nem mesmo precisou passar por um processo emergencial de compra dos produtos de primeira necessidade, ao mesmo tempo que dá primazia à transparência.

Público prioritário

Segundo ainda Eva Gouveia, a entrega das cestas básicas será feita prioritariamente às famílias cadastradas e acompanhadas pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e pela Equipe de Atenção à Rua da Semas. Muitas cestas, aliás, já vêm sendo entregues, guarnecidas por alimentos e produtos do almoxarifado da Secretaria, no custo até o momento de R$ 15 mil.

Para o processo de distribuição às pessoas mais vulneráveis socialmente, a Prefeitura contará com o apoio da Polícia Militar, justamente para evitar aglomerações durante a entrega das cestas básicas.

Codecom PMCG

Comments are closed.