Romero inaugura Escola Lourdes Ramalho e abre oficialmente o ano letivo em Campina Grande

A maior escola municipal de Campina Grande, com capacidade para atender a 1.100 alunos do Ensino Fundamental, foi inaugurada pelo prefeito Romero Rodrigues na manhã desta segunda-feira (17). Localizada no Conjunto Aluízio Campos, a Escola Lourdes Ramalho sediou também a abertura do ano letivo na rede municipal de ensino.

A solenidade foi prestigiada por secretários municipais, vereadores de Campina e de João Pessoa, lideranças comunitárias, familiares da homenageada, gestores e alunos do novo educandário.

A entrega da nova escola é, na visão do prefeito campinense, uma demonstração de que a educação sempre foi uma das maiores prioridades da atual gestão. Ele destacou que o Aluízio Campos também contará com a Escola Municipal Rômulo Gouveia, além de três creches. Segundo o prefeito, a demanda por educação no conjunto é tão grande que mais uma escola estará funcionando provisoriamente no CRAS do núcleo habitacional.

Romero Rodrigues garantiu ainda que, se for necessário, ainda será construída mais uma escola de grande porte na comunidade, mesmo que, para tanto, sejam aplicados recursos próprios do município.

O prefeito lembrou também que o governo municipal tem investido não apenas na estrutura física das escolas e creches, pois muitas outras ações acontecem desde 2013 em prol da qualidade educacional da rede pública, a exemplo da valorização salarial dos professores, pois, atualmente, a depender da sua titulação, o profissional de ensino pode receber mensalmente um salário superior a R$ 8 mil.

Em sua saudação ao presentes à solenidade, Romero destacou, ainda, as qualidades da personalidade homenageada: a professora e escritora Lourdes Ramalho. Segundo ele, na condição de professora e de escritora, ela projetou o nome de Campina Grande no Brasil e no mundo, sendo de sua autoria obras literárias e teatrais de notável reconhecimento, daí ter a sua memória eternizada agora no campo educacional.

Homenagens

Além do prefeito, fizeram uso da palavra o secretário municipal de Educação, Rodolfo Gaudêncio; vereador João Dantas (autor da propositura que dá nome à escola); professor Diógenes Maciel; além do padre Rodolfo Lucena, da paróquia São João Paulo II, que procedeu a benção das instalações entregues à comunidade.

Em nome da família da homenageada, falaram Manoel Brito e George Ramalho (filho de Lourdes Ramalho). Além dos familiares da teatróloga, que lhe entregaram buquês de flores, o prefeito Romero Rodrigues foi homenageado pelos estudantes Vítor e Ana Clara Alves e a diretora escolar Maria do Socorro Bezerra.

Estrutura

Inaugurada, a Escola Lourdes Ramalho já nasce com mais de mil alunos matriculados, 16 salas de aula, laboratórios, ginásio e muitas outras estruturas fundamentais para o atendimento dos estudantes Ensino Fundamental. Agora Campina Grande passa a contar com um total de 108 escolas e 42 creches, sendo beneficiados 33 mil alunos.

Codecom PMCG

Comments are closed.