Seagri processa 200 toneladas de silagem em apenas duas semanas

Iniciada há duas semanas, a operação de silagem desenvolvida pela Secretaria municipal da Agricultura (Seagri), já processou o armazenamento de aproximadamente 200 toneladas de forragem de milho e sorgo, compostos que garantirão a suplementação alimentar dos rebanhos bovino, ovino e até de bubalinos, existentes nos sítios e assentamentos do município de Campina Grande.

De acordo com informações dadas pelo secretário municipal de Agricultura, médico e produtor rural Renato Benevides Gadelha, homens e máquinas da Seagri continuam em campo e o trabalho de silagem só será encerrado quando todos os agricultores familiares dos Distritos de Galante, Catolé de Boa Vista e São José da Mata, que procuraram o serviço, forem atendidos.

Ao garantir que ao final das atividades anunciará, em toneladas, a quantidade de produtos armazenados, o secretário Renato Gadelha lembrou que, embora se trate de fermentação da forragem por restrição de oxigênio, são mínimas as perdas de nutrientes dos alimentos provenientes da silagem.

Segundo o auxiliar do prefeito Romero Rodrigues, isto significa dizer que a alimentação suplementar, embora armazenada,  garante grande quantidade de energia aos animais, deixando-os mais saudáveis e prontos para enfrentarem eventuais períodos de estiagem.

A silagem na região de Campina Grande, a exemplo de muitas outras cidades do Estado da Paraíba, se restringe ao milho e ao sorgo, devido a facilidade do cultivo desses produtos pelos agricultores. O inverno deste ano foi decisivo para o sucesso da safra agrícola, garantindo, deste modo, a alimentação das famílias e meios para que elas também mantenham seus rebanhos saudáveis.

Codecom PMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Cotidiano
Comments are closed.