Secretaria da Assistência Social de Campina Grande cadastra e regulariza situação dos venezuelanos

A Secretaria da Assistência Social de Campina Grande está cadastrando e regularizando a situação documental dos imigrantes venezuelanos. Um total de 57 venezuelanos estão sendo assistidos pela Prefeitura de Campina Grande, formando 14 núcleos familiares, incluindo idosos, crianças e adultos.

Neste primeiro momento, eles estão sendo alojados no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da SEMAS, no Bairro Bodocongó, onde recebem alimentação e dispõem de um local digno para dormir e realizar a higiene pessoal.

A SEMAS está oferecendo este alojamento provisório até o término da reforma de um Centro de Acolhimento à comunidade venezuelana, que será inaugurado nos próximos dias pelo prefeito Romero Rodrigues. Enquanto isso, as equipes sociais da SEMAS do SCFV e do Centro de Referência da Assistência Social, localizado no Bairro Palmeira,  estão cadastrando e regularizando as famílias venezuelanas para que elas tenham acesso aos programas sociais e documentação de adultos e crianças.

Por determinação do prefeito Romero, os venezuelanos foram imunizados contra o H1N1 e agora recebem ajuda para a retirada de toda a documentação necessária para o acesso aos programas da Prefeitura, tais como o Cadastro Único.

Codecom PMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Cotidiano
Comments are closed.