Secretaria da Assistência Social em parceria com a Vara da Infância promove Webnario Família Acolhedora

A Secretaria da Assistência Social em parceria com a Vara da infância e Juventude e o Ministério Público da Paraíba realizará na próxima terça, 11, as 14h30, um webnario em plataforma digital. A videoconferência terá como tema Serviços de Acolhimento Familiar e sua efetivação: da teoria à prática.

O Município de Campina Grande, está nos últimos ajustes para a implementação do serviço de acolhimento do projeto Família Acolhedora, considerando uma alternativa preferencial a institucional, que segundo o artigo 34 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA visa propiciar que crianças e adolescentes sejam acolhidos nas residências de familiares previamente cadastradas, denominadas “Famílias Acolhedoras”.

A videoconferência terá como palestrante convidado José Roberto Poiani, e como debatedores Elaine Alencar, Promotora de Justiça e Hugo Zaher, Juiz da Vara da Infância e Juventude de Campina Grande.

Os temas abordados serão as vantagens do cuidado individualizado e a preservação e fortalecimento do vínculo comunitário das crianças e adolescentes.

O acolhimento de crianças e adolescentes que vivenciam situações de abandono ou violação de direitos é um assunto que precisa ser amplamente discutido na sociedade segundo os técnicos sociais da SEMAS. O Acolhimento Familiar trata-se de um acolhimento direcionado aos que foram afastados de sua família de origem e acolhidos pelas famílias já cadastradas no programa, através de edital. Um acompanhamento por uma equipe técnica é realizado sistematicamente para reavaliação da situação da criança e adolescente.

A SEMAS mantém três casas de acolhimento atualmente, chamadas de Casas da Esperança, duas para adolescentes e outra para crianças, inclusive recém nascidos, inaugurada na gestão do Prefeito Romero Rodrigues.

Codecom PMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Cotidiano
Comments are closed.