Educação

Secretarias de Educação e de Ciência e Tecnologia fecham parceria com a UEPB

Seguindo as diretrizes do prefeito Bruno Cunha Lima, a Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio das secretarias de Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação, com vistas à modernização do ensino básico municipal, realizou na tarde desta quinta-feira, 28, uma reunião com uma pauta prioritária: alinhar uma parceria com a Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, visando a criação do projeto Robótica Educacional.

De acordo com o secretário de Educação, Asfora Neto, dentre as propostas do projeto, destaca-se a aplicação do ensino de robótica, que passará a ser utilizado de forma transdisciplinar e associado às disciplinas de Ciências e Matemática no ensino básico. Em princípio, o projeto piloto será constituído por um clube de robótica com as escolas que possuem melhor classificação no IDEB – Índice de Desenvolvimento da educação Brasileira e, posteriormente, será disseminado nas demais escolas da rede municipal de ensino.

Para a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Laryssa Almeida, o projeto pretende também congregar alunos interessados em projetos de robótica e automação, envolvendo conhecimentos relacionados ao ensino de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). A expectativa em torno da concepção da proposta é potencializar a aprendizagem de conteúdos curriculares da educação básica por meio do desenvolvimento de habilidades relacionadas ao letramento digital e ao pensamento computacional.

Ainda segundo a secretária, entre as ações vislumbradas, está o desenvolvimento de projetos a partir de modelos disponíveis publicamente, a automatização de brinquedos e o desenvolvimento de projetos próprios. Ao manipularem, projetarem e montarem os dispositivos, os estudantes  mobilizarão conhecimentos matemáticos, físicos e tecnológicos, o que  pode contribuir para potencializar sua aprendizagem.

O clube

A ideia inicial para os Clubes de Robótica foi obtida a partir da estruturação dos clubes de ciências. A principal orientação teórica da  proposta é a abordagem construcionista das Tecnologias da Informação e Comunicação respectivamente.

Fonte: Codecom

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo