Secretário Executivo da Ciência e Tecnologia do Estado é nomeado para o CGI.br

O Secretário Executivo de Estado da Ciência e Tecnologia, Claudio Furtado é nomeado membro titular para o Conselho do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

O comitê é formado por 9 representantes do setor governamental, 4 do setor empresarial, 4 do terceiro setor, 3 da comunidade científica e tecnológica e 1 representante de notório saber em assuntos de Internet (21, to total).

Furtado ocupará a cadeira reservada ao representante do Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), referente ao Setor Governamental, em substituição a Francilene Procópio Garcia.

A Internet integra várias redes no mundo inteiro e funciona graças a padrões seguidos por todos. Entre esses padrões, o Endereço IP (Internet Protocol) e o Nome de Domínio (aquele que gera o endereço de um site, por exemplo), são os mais críticos. Em cada país, há uma entidade que estabelece diretrizes para a administração dessas funções – o que, no Brasil é feito pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O CGI também promove estudos, pesquisas e recomendações acerca de procedimentos de segurança da Internet.

Com a participação do secretário Claudio Furtado, o CGI.br terá a presença de dois paraibanos. Além de Furtado, o presidente da Associação Nacional Para Inclusão Digital (Anid), Percival Henriques, está no terceiro mandato como conselheiro no CGI.br.

O Comitê foi instituído em maio de 1995, por meio da Portaria Interministerial Nº 147 e a composição atual do Conselho foi estabelecida pelo Decreto Nº 4.829, de 3 de setembro de 2003, da Presidência da República. A organização é respeitada internacionalmente pela comunidade técnica, jurídica, política e cultural da Internet.

marcia.imprensa@see.pb.gov.br

Comments are closed.