Seduc inicia primeira turma do curso de Libras para servidores da gestão municipal

A Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria de Educação (Seduc), iniciou na última semana, o primeiro curso de Libras  desenvolvido para servidores e colaboradores da gestão municipal. Cerca de 400 pessoas estão matriculadas no módulo básico, que compreende conteúdo para iniciantes. A ação é inédita e tem o objetivo de capacitar servidores da gestão municipal para a comunicação com pessoas que têm deficiência auditiva. Após a conclusão da primeira turma, a Seduc divulgará abertura de inscrições para que os demais servidores tenham acesso.

O curso de Libras é gratuito, realizado de forma on-line e as aulas são disponibilizadas através da plataforma do Google Classroom. São três módulos ao total, tendo o nível básico 58 horas de aulas ministradas O curso será ministrado pelo professor Darkson Saraiva, surdo, especialista em Letras Libras. As aulas incluem a utilização de uma intérprete de voz, além de atividades. O curso possui emissão de certificado para os inscritos que cumprirem presença e a realização das atividades.

De acordo com a coordenadora da Educação Especial Inclusiva, Fabíola Gaudêncio, o curso é a ampliação de uma formação que já existia para profissionais da Educação. “Esse curso sempre aconteceu no contexto de uma formação continuada, mas percebemos a necessidade de transformar essa formação em curso. Nessa gestão e especificamente este ano reconfiguramos de formação para curso. Nossa intenção era divulgar a abertura de inscrições, mas de forma muito positiva atingimos o limite de inscritos antes mesmo de detalharmos as informações aos demais servidores da PMCG, o que reforça a necessidade deste tipo de ação”, explicou.

A ampliação do curso para servidores de outras secretarias capacita os interessados a se comunicarem com pessoas que têm surdez ou audição reduzida. “Pensamos que este curso não deveria ficar restrito aos servidores da Educação. Como ele acontecerá de forma on-line estará disponível para todos os servidores da prefeitura. A intenção é fomentar essa comunicação com pessoas com deficiência auditiva. Percebemos que nos órgãos públicos não há pessoas capacitadas, mesmo que com o conhecimento básico das Libras, para se comunicarem. Resolvemos ampliar para que todas as pessoas vinculadas à prefeitura, efetivos ou não, tenham esse conhecimento”, afirmou.

Codecom PMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Educação
Comments are closed.