Semas promove Ação Contra Exploração Sexual

Durante toda a manhã dessa quarta-feira, 29, foi realizado uma ação alusiva ao 18 de Maio, “Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Criança e Adolescente”. A ação foi promovida pela Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Gerência da Criança e do Adolescente, Conselho Municipal em Defesa da Criança e Adolescente e as Instituições que compõem a Rede de Atendimento a Criança e Adolescente (REDECA). O Pit Stop foi realizado em um dos principais semáforos da cidade, localizado na Praça da Bandeira, no centro da cidade.

As equipes técnicas do Centro de Referência Especializado, Programa Ruanda, PETI e Centro Dia, além das Secretarias Municipais da Educação e de Saúde, alertaram à sociedade sobre os crimes desta natureza. Foram entregues sacolas automotivas personalizadas com o tema da ação.

Segundo Magliana Leite, gerente da Criança e do Adolescente, o movimento em defesa dos direitos da criança e do adolescente, após a mobilização, conquistou aprovação da Lei Federal 9.970/2000, que instituiu o 18 de Maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual, contra a Criança e o Adolescente.

“Ações como esse Pit Stop alertam e convocam a população campinense a se engajar pelos direitos das crianças e adolescentes que têm o seus direitos violados, trazendo prejuízos futuros para a vida e formação como cidadão” relatou Magliane.

O 18 de Maio foi instituído Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data ficou conhecida pelo “Caso Araceli”, quando, em 18 de Maio de 1973 uma menina, com apenas oito anos de idade, foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos.

Codecom PMCG 

 
Comments are closed.