SEMAS vai prestar serviços no Complexo “Aluízio Campos” através do CRAS

A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Campina Grande, vai prestar os seus serviços a população do Complexo Aluízio Campos através do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. A informação é da diretora de Proteção Social, Joelma Martins.faz o

Além das atividades do CRAS, o “Aluízio Campos” contará também com o Programa Criança Feliz, que o acompanhamento em domicílio de crianças de 0 a 3 anos, e de 0 a 6 anos (com deficiência) e a gestante.

O foco do Criança Feliz está no desenvolvimento da criança através de fortalecimento da vínculos familiares. A Prefeitura conta atualmente com 66 visitadores.

O CRAS é uma unidade pública da Assistência Social, que conta com uma equipe de psicólogos e assistentes sociais que acolhem, escutam, orientam e encaminham as demandas da comunidade. Sempre resguardando e garantindo os direitos do usuário.

De acordo com Joselma Martins, o objetivo geral do CRAS é promover a proteção social básica das famílias vulneráveis por meio de interação entre famílias, grupos e comunidades e da rede socioassistencial públicas e privadas existentes no município.

Campina Grande conta com 100% de cobertura do CRAS, a cidade está dividida em 10 territórios.

O CRAS atende famílias em situação de extrema pobreza; famílias beneficiárias do programa Bolsa Família em descumprimento de condicionalidades; famílias com membro beneficiário do BPC; famílias com crianças, adolescentes, adultos, idosos, gestantes, e pessoas com deficiência.

São oferecidos os seguintes serviços:

– Atendimento individualizado (psicossocial) e coletivo (palestras, grupo);
– Encaminhamentos;
– Visita domiciliar;
– Atividades coletivas;
– Reuniões socioeducativas;
– Campanha socioeducativas;
– Encaminhamento para retirada de documentos;
– Promotoria Pública e Defensoria Pública.

A equipe do CRAS do Aluízio Campos será formada por quatro técnicos (dois psicólogos e dois assistentes sociais), um coordenador e o pessoal de apoio.

No que diz respeito aos visitadores do Programa Criança Feliz, Joelma Martins informa que esse número será definido após a ocupação da unidades habitacionais.

Codecom PMCG

 
Comments are closed.