Técnicos participam de capacitação sobre vigilância da qualidade da água

Durante toda esta semana, de segunda (18) a sexta-feira (22), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) está realizando, no auditório do Clube de Diretores Lojistas (CDL), na Capital, o “Curso de Inspeção Sanitária da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano” para técnicos das 12 Gerências Regionais de Saúde, da Cagepa, da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) e do Laboratório Central do Estado (Lacen).

“Toda água que consumimos tem que ser de boa qualidade. Por isso, rotineiramente, é feito um controle de qualidade por meio das inspeções sanitárias. O curso está sendo realizado para os profissionais que realizam este trabalho”, disse o gerente operacional de Vigilância em Saúde Ambiental da SES, Geraldo Moreira.

O curso está sendo ministrado por duas técnicas do Ministério da Saúde. Durante os quatro dias, estão sendo realizadas aulas teóricas sobre a vigilância da qualidade da água para consumo humano, além de um momento prático, na Estação de Tratamento de Água de Marés, da Cagepa, em João Pessoa, e uma visita a carros-pipa, para avaliar as condições dos caminhões que estão sendo utilizados no transporte da água.

Geraldo Moreira lembrou também que, a partir deste mês, a Cagepa, a Aesa e a Fundação Nacional de Saúde (FNS) também passaram a ter acesso ao programa Vigiágua. “Todas essas empresas terão, a partir de agora, a obrigatoriedade de fazer os lançamentos da qualidade da água, cadastrar as suas fontes, os seus mananciais. Onde tiver água que seja consumida por humanos, esses pontos devem ser cadastrados”, explicou.

Segundo o chefe do Núcleo de Fatores Não-biológicos da SES, Emanoel Lira, o curso trará muitos benefícios à população. “A partir desta capacitação teremos uma vigilância mais efetiva no controle dessa qualidade, principalmente para os municípios abastecidos com carros-pipa”, explicou.

Programa Vigiágua – Programa nacional, coordenado pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que tem por objetivo colaborar na promoção e proteção da saúde da população por meio da garantia da qualidade da água destinada ao consumo humano. Visa também diminuir os riscos de contaminação por doenças transmitidas pelo consumo de água.

Um dos instrumentos utilizados para o monitoramento é o Sistema de Informação da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua). O controle da qualidade da água é realizado pela Cagepa, que envia, mensalmente, o resultado das análises para a Secretaria de Estado da Saúde. Já a vigilância da qualidade da água para consumo humano é realizada pelas secretarias municipais de saúde.

Comments are closed.