Tribunal de Contas da Paraíba aprova, por unanimidade, as contas do ano 2017 da Secretaria Municipal de Educação

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba aprovou, nesta quinta-feira, 30, as contas da Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande referentes ao ano de 2017. A aprovação, foi por unanimidade, diz respeito à gestão da então secretária Iolanda Barbosa.

As contas avaliadas de Iolanda Barbosa envolveram recursos anuais na ordem de R$ R$ 179,7 milhões. O conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho foi o relator do processo. O advogado Marco Aurélio de Medeiros Villar atuou na defesa da gestão de Iolanda na corte.

Durante a sessão remota da Câmara do TCE-PB, Antônio Gomes Filho destacou todos os pontos cruciais para aprovação das contas da Educação Municipal de Campina Grande e ressaltou o cumprimento das metas pela gestão da pasta. O voto do relator foi acompanhado unanimemente pelos outros conselheiros do colegiado.

Outras vitórias

Na semana passada, também sob acompanhamento do escritório de Marco Villar, vários processos relativos à Prefeitura de Campina Grande passaram pelo crivo da Primeira Câmara do TCE-PB:

–  Foram arquivadas duas denúncias relativas ao Fundo Municipal de Saúde no ano 2018

– A gestão do ex-secretário André Agra (Planejamento) de 2017 recebeu parecer pela regularidade

– Aprovadas também as contas 2018 do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (Ipsem)

– Foi considerada improcedente denúncia contra a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), em relação à construção de seis quiosques, inclusive com a retirada de imputação de débito.

Codecom PMCG

Comments are closed.