Cotidiano

Turistas prestigiam abertura da Consciência Cristã e exaltam grandeza do evento

 

O Encontro da Consciência Cristã, aberto na noite desta quinta-feira, 8, no Parque do Povo, em Campina Grande, movimenta intensamente o turismo da cidade. O encontro realizado pela Visão Nacional para a Consciência Cristã (Vinacc), já em sua 26ª. edição, vai até a próxima terça-feira, 13 de fevereiro, e deve receber um público circulante de aproximadamente 100 mil pessoas.

Algumas pessoas vieram de longe, a exemplo do casal Gleyds e Emanoel, que são de Curitiba (PR). Eles conheceram o evento na época da pandemia, pela Internet, e esse ano estabeleceram como meta participar de forma presencial.

“Eu gostei muito da programação e acompanhei as plenárias de casa na época da pandemia e isso despertou a vontade de vir a Campina Grande e poder desfrutar do evento. É meu presente de aniversário”, disse a professora universitária Gleyds Domingues.

O casal está hospedado em um hotel no centro da cidade, e também pretende conhecer os principais pontos turísticos da Rainha da Borborema.

“Eu estou encantado com a cidade e a gastronomia. Estes dias vou aproveitar o máximo que puder. Sobre o evento, eu fiquei surpreso com a grandiosidade, quem vê pela Internet não imagina os espaços que podemos desfrutar como a feira de livros e a parte principal para a ministração. Já quero confirmar presença para o próximo ano”, disse o auditor fiscal, Emanoel Domingues.

Por sua vez, a consultora de beleza Aline Cutrim, que é de Recife (PE), antecipou a viagem para prestigiar a abertura, mas já adiantou que as suas amigas da capital pernambucana chegarão no fim de semana para acompanhar o evento cristão em Campina Grande.

“Essa é a primeira vez que eu estou participando e não queria perder a abertura, vim na frente, mas no sábado chegam três colegas para aproveitarmos até a terça-feira”, disse a visitante.

Pessoas de João Pessoa como o fisioterapeuta Antônio Carlos e a estudante Eduarda Luna chegaram cedinho ao Parque do Povo para garantir um bom lugar na noite de abertura. “Na Igreja que a gente congrega saíram três ônibus em caravanas, mas nós decidimos vir de carro pra poder chegar mais cedo”, disse o fisioterapeuta.

Para Eduarda Luna, essa é uma oportunidade de aproveitar com a família, “ressaltando que está tudo no evento está organizado e bonito, sobretudo a feira de livros”. Ela também demonstrou grande expectativa para a pregação da noite de abertura. “Queremos sair daqui abençoados”, completou a estudante.

Codecom



Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo