Universidade de Notre Dame desenvolve pesquisa sobre o Zika Vírus

No lançamento do seu centro acadêmico e intelectual em São Paulo, o Global Gateway, o presidente da Universidade de Notre Dame, Reverendo John I. Jenkins, falou dos estudos da instituição sobre o Zika Vírus. “Notre Dame vem estudando o mosquito transmissor há décadas, utilizando modelos matemáticos para compreender a dinâmica de transmissão de doenças infecciosas e assim ter um melhor controle sobre esses vírus”, comentou.

De acordo com presidente da instituição, os pesquisadores de Notre Dame descobriram uma população do mosquito num bairro de Washington. “Nossa equipe identificou comprovação genética que estes mosquitos aguardaram o inverno em Washington pelos últimos quatro anos, o que demonstra que eles estão se adaptando para resistir em climas frios, fora da sua faixa natural de temperatura.”

O Reverendo Jenkins afirmou que um dos objetivos do Global Gateway é trocar conhecimento e colaborar com pesquisas. “Posso ver num futuro próximo os pesquisadores de São Paulo e os de Notre Dame trabalhando juntos para encontrar maneiras de derrotar este terrível vírus”, finalizou, lembrando que o Global Gateway de Notre Dame já está em Pequim, Dublin, Jerusalém, Londres e Roma.

Universidade de Notre Dame

A Universidade de Notre Dame é a 18ª colocada no ranking U.S. News & World Report. Fundada em 1842 pela Congregação de Santa Cruz, é uma universidade católica e a única entre as 20 melhores universidades americanas. O programa de graduação em Business da universidade foi considerado o melhor dos Estados Unidos por cinco vezes consecutivas, de acordo com a revista Businessweek.

Mariliz Torres

(11) 2505-9252

mariliz@bluepr.com.br

www.bluepr.com.br

Comments are closed.