vai começar a viagem pelos Caminhos do Frio da Paraíba

A região do brejo paraibano abre as cortinas para a realização da 6ª edição do roteiro cultural ‘Caminhos do Frio’. A partir desta segunda-feira (18) até o dia 28 de agosto as cidades de Areia, Bananeiras, Serraria, Pilões, Alagoa Grande e Alagoa Nova recebem espetáculo de música, dança, teatro, circo, além de cinema, literatura, palestras, oficinas e exposições. A programação também contempla o Festival de Gastronomia.

A primeira parada do roteiro é na cidade mais de histórica de todas, Areia, tombada em 2005 pelo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A secretaria de cultura de Areia fechou uma programação que unisse durante uma semana tradição, história e cultura.

“O ‘Festival Gastronômico’ de Areia explora o uso da rapadura e da cachaça nas iguarias culinárias e o ‘Roteiro Civilização do Açúcar – Caminhos dos Engenhos’ com direito a degustação das cachaças do brejo, e ainda exposição do artesanato local, oficinas de dança de rua, percussão, escrita poética, e de educação musical, e ainda mostra de flores, apresentação de capoeira, hip hop, dança contemporânea e  tradições folclóricas, espetáculos teatrais para adultos e também peças infantis”, reforçou a secretária de cultura de Areia, Janaína Azevedo.

Realização

O roteiro cultural ‘Caminhos do Frio’ é uma realização do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo paraibano, formado por ONGs e instituições públicas e privadas dos seis municípios que integram o circuito, em parceria com o Sebrae/PB e o apoio do Governo da Paraíba.

A presidente do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo, Vânia Galdino, declara que o “Caminhos do Frio, desde o início, mantém uma parceria com o Sebrae, que promove oficinas, a folheteria e o Festival Gastronômico em cada cidade. Para a edição 2011, o Governo do Estado vai injetar 30.000 por município e é a primeira vez que isso acontece. Antes, a contrapartida ficava por conta da logística, como banheiros químicos, segurança e mídia”, disse.

Para Janaína Azevedo “o evento se fortaleceu e sensibilizou o Estado de que já é uma marca e que possui um diferencial grandioso que é a intersetorialidade, afinal é o único evento dessa natureza realizado na Paraíba. Outro destaque é valorizar o frio, num estado nordestino, desfazendo clichês, interiorizando o turismo e democratizando a cultura”, refletiu.

Uma das gestoras pioneiras e idealizadoras do projeto é a Secretária de Turismo de Bananeiras, Ana Gondim. Ela recorda que “a princípio o projeto foi implantado em um único município que logo na sua segunda edição em 2007 recebeu a adesão de mais quatro cidades e tendo como meta a inclusão de mais dois municípios, contemplando assim, 06 municípios da Piemonte da Borborema”.

Festival de Artes Integradas: Música, Teatro, Dança, Cinema, Folclore, Artes Visuais, Literatura, Manifestações Populares, Artesanato e Gastronomia.

Cada cidade traz a sua característica desde o nome escolhido para o evento:
• AREIA: Frio, Cachaça e Arte (18 a 24 de julho)
• BANANEIRAS: Aventura e Arte na Serra (25 a 31 de julho)
• SERRARIA: Natureza, Engenhos e Seresta (1 a 7 de agosto)
• PILÕES: Festa das Flores (8 a 14 de agosto)
• ALAGOA NOVA: Música, Arte e Gastronomia (15 a 21 de agosto)
• ALAGOA GRANDE: Festival de Artes Jackson do Pandeiro (22 a 28 de agosto)

Mais informações:  www.caminhosdofrio.com

Comments are closed.