Vereador diz que os desvios da PMCG vai para o "regoduto"

Segundo o parlamentar os desvios do dinheiro e recursos públicos têm sido desviados para o que ele chama de “regoduto”. O vereador João Dantas (PTN) faz duras críticas ao prefeito Veneziano Vital do Rego na Sessão Ordinária desta quinta-feira (19) na CMCG.

Além de afirmar que Campina Grande está sendo “maquiada” pelo atual governante, o parlamentar tece sérias acusações quanto à cassação do prefeito e diz que existem desvios de dinheiro e recursos públicos para o que o vereador chamou de “regoduto”.

De acordo com as acusações do vereador João Dantas, os investimentos feitos na cidade pela Prefeitura Municipal excluem do planejamento obras infraestruturais, além da ausência de investimentos no setor industrial. “O atual governo não executou nenhuma obra que pudesse evitar o sofrimento da população campinense após as fortes chuvas que caíram na cidade, nem tão pouco trouxe uma indústria de médio porte, para atender os jovens, que cada vez mais estão ameaçados pelos constantes riscos sociais”, ressalta.

Outro ponto, que segundo parlamentar precisa de atenção é quanto à cassação do Prefeito que governa a cidade sob liminar. João Dantas cita a reforma da calçada em torno do Açude Velho como mais uma irregularidade da administração atual.  “Há um ciclo de imoralidade em curso que deságua numa coisa chamada ‘regoduto’, que é o desvio de dinheiro e recursos públicos, que inclusive levaram a este pedido de cassação do prefeito que estar dependendo de uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral a mais de um ano”, diz o vereador que aponta os gastos de mais de R$ 1 milhão com a reforma da calçada em torno do Açude Velho como irregular.

Transporte alternativo – Após a Sessão Ordinária desta quinta-feira, o vereador João Dantas recebeu representantes dos Transportes Alternativos de CG. “Eles estão buscando exatamente sair da informalidade para o amparo de uma legislação que especifique as sua atividades. Então, esta Casa do povo deve esta de portas abertas para conversar com todos os seguimentos”, diz. (Leidiane Alves)

Comments are closed.