Vereador propõe autocrítica ao legislativo e pede união para reaproximar a CMCG da população

O vereador Lucas Ribeiro (Progressistas) fez nesta quarta-feira, 07, seu primeiro pronunciamento na Câmara Municipal de Campina Grande após o período de licença e, durante sua fala, apresentou um rápido balanço das ações realizadas por seu mandato ao longo do ano de 2018, com destaque para a aprovação do projeto que institui a Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.
O ponto central do pronunciamento do parlamentar, contudo, foi a proposta de uma autocrítica aos vereadores quanto à real percepção que a população tem a respeito da Câmara e a necessidade de união para um esforço conjunto no sentido de reaproximar a Casa da população.
“Se hoje fizéssemos uma pesquisa de avaliação perante o povo de Campina Grande sobre o que a população pensa da Câmara como um todo, não teríamos um resultado positivo. E não adianta que um e outro vereador tenha um excelente mandato, um ótimo desempenho individual, se a instituição não estiver fortalecida”, comentou Lucas na tribuna.
Para o vereador, é preciso que os membros da CMCG se unam em prol de uma atuação em grupo voltada a uma agenda conectada às demandas da população. “Sem perder nossa individualidade, sem prejuízo das diferenças políticas, mas com um esforço comum voltado aos interesses e bem-estar da cidade, buscando reaproximar a Casa do povo”, complementou.
O parlamentar, inclusive, apontou sugestões de medidas, como, por exemplo, a instituição de uma Escola do Legislativo; plenárias nos bairros para ir até as pessoas; o aplicativo LegisCG, que coloca o dia a dia da CMCG na palma da mão dos cidadãos; a ampliação do Gabinete Jurídico, hoje restrita ao seu gabinete. “Espero que as sugestões apontadas sejam bem recebidas. Afinal, nossa missão é ser voz do povo e, para ser sua voz, é preciso ouvir o povo”, concluiu.

Lucas Ribeiro lucasribeirocg11@gmail.com

 
Comments are closed.