Vereador realiza audiência pública para debater corte de verbas nas Instituições Federais

O vereador Anderson Maia (PSB), realizou no dia 24, na Câmara Municipal de Campina Grande, uma audiência pública para discussão dos impactos e consequências na redução das verbas nas instituições federais do Brasil.

Na audiência, estiveram presentes reitores, professores, estudantes e sociedade civil debatendo o tema que repercutiu nacionalmente e levou milhares de estudantes às ruas em todo Brasil.

No final de abril, foi anunciado nos veículos de comunicação pelo MEC (Ministério da Educação), o bloqueio de 30% no repasse de recursos federais para três universidades federais: a UnB (Universidade de Brasília), UFF (Universidade Federal Fluminense) e UFBA (Universidade Federal da Bahia). O motivo seria que os estudantes estavam promovendo “balbúrdia”, enquanto o desempenho acadêmico nas mesmas deixavam a desejar. Vale ressaltar que as três instituições citadas estão bem posicionadas em rankings de excelência educacional. Pouco tempo depois, o ministro da educação, Abraham Weitraub, anunciou que o corte de 30% dos repasses de recursos federais seria estendido para todas as instituições federais (institutos e universidades), hospitais universitários e ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Anderson Maia se solidarizou com os estudantes e questionou o que de fato, define as medidas tomadas pelo governo federal e até que pontos elas podem ser danosas ao futuro da educação e economia do Brasil.

“Enquanto Vereador e representante da população de Campina Grande, percebi a importância de trazer essa pauta em uma audiência pública para que pudéssemos entender e debater com os profissionais que estão diretamente ligados à estrutura educacional brasileira, as consequências destas ações a curto e longo prazo para nossos estudantes e para o nosso futuro”. Comentou Anderson Maia.

Assessoria  andersonmaiaassessoria@gmail.com

 
Comments are closed.