Vereadores aprovam mais de 90 requerimentos durante a sessão desta quarta-feira

A CMCG realizou nesta quarta-feira (14), mais uma sessão remota presidida pelo vereador Marinaldo Cardoso (Republicanos), presidente da Casa. As atividades foram iniciadas com a leitura da Ordem do Dia e encerradas com a aprovação de 92 requerimentos.

A Câmara recebeu da Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande, em 13/4/2021, o Ofício nº 001/2021 referente à solicitação de uso da Tribuna Livre; o presidente informou que está agendado para o dia 27 de abril.

– Recebemos – da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer – em 12/4/2021, o Relatório de 100 dias de Governo – SEJEL.

O pequeno expediente foi aberto pelo vereador Rostand Paraíba (PP), que agradeceu o secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre, pela resolução rápida do problema de coleta de lixo na cidade e que hoje pela manhã a Zona Leste da cidade estava limpa.

Janduy Ferreira (PSD) falou das ações que estão sendo realizadas na cidade e solicitou que o setor de iluminação pública veja a situação do bairro de Santa Cruz, por conta da escuridão vem sendo registrados muitos assaltos. A população apela para a solução do problema, para que a academia popular da praça volte a ser utilizada no período da noite.

Waldeny Santana (DEM) em sua fala destacou a necessidade de geração de novos empregos nessa pandemia e que está acompanhando de perto a ansiedade pela vacina e pela oportunidade de trabalho. Ele fez um relato de uma visita ao terminal rodoviário Argemiro Figueiredo e da situação lamentável e que vai trabalhar para a abertura de um posto do Sitrans e entrar em contato com a Caixa Econômica para ver a possibilidade de abertura de uma Casa Lotérica. – Estamos apontando alternativas para o Terminal Rodoviária – destacou.

O vereador Olímpio Oliveira (PSL) destaca que Campina Grande é conhecida por sua pujança e concorda que o terminal rodoviário precisa de uma melhor ocupação ou entrar em extinção. Acrescenta que, “é um espaço muito importante e que está ocioso, o município tem que fazer a indução da ocupação. Aproveito para fazer um apelo ao prefeito em nome dos mototaxistas que estão passando dificuldades. Por conta das medidas sanitárias, eles estão praticamente excluídos. Solicito ao prefeito Bruno a inclusão do pessoal necessitado no programa de ajuda”.

Valéria Aragão (PTB) em sua fala pede que a SEDUC – Secretaria Municipal de Educação participe do programa “Integra Educação “, do Governo do Estado.

GRANDE EXPEDIENTE

Na abertura do grande expediente, o vereador Anderson Almeida-Pila (Podemos) falou a respeito das funções desenvolvidas pelo secretário executivo de Saúde do Município, Dr. Gilney Porto.

Alexandre Pereira (PSD) lamentou que se queira criar um fato novo que não existe e lembrou ao vereador que deveria saber que o médico saiu da empresa T&G em janeiro e que a gestão Bruno Cunha Lima é transparente e que tem aprovação de 84% da população campinense.

O vereador destacou ainda que, o grande fato é que tiraram o direito de quase 4.900 pessoas serem vacinadas. As vacinas foram subtraídas de nossa cidade, e queremos saber quando serão restituídas.

Rubens Nascimento (DEM) iniciou a sua fala agradecendo a Deus pela alta hospitalar do deputado Manoel Ludgério e estimando melhoras para que em breve volte às suas atividades normais.

– O vereador Anderson que faz o papel de Oposição traz essas questões e aponta como denúncia, a mesma pauta foi trazida em outubro do ano passado, geralmente a receita é essa, ataca-se reputações, a denúncia do ano passado foi contra o Dr. Tito. Muitas vezes as pautas trazidas são fogo de palha e encaminha a notícia requentada ao Ministério Público, – lamentou.

Rubens esclareceu ainda que, “na visita que fez ao Hospital de Clínicas de Campina Grande no dia 25 de março, observou que algo estava errado no que dizia respeito a ocupação de UTIs, procurei o órgão competentes e as vagas apareceram e mudaram o protocolo, esse é um trabalho responsável, estou trazendo uma informação que foi a uniformização de protocolo. Anderson Pila traga a resposta do fato que preocupa a cidade, as 4.900 doses de vacinas tiradas de Campina Grande, isso precisa ficar esclarecido, o líquido mais precioso em tempo de pandemia desapareceu’, concluiu.

 A vereadora Ivonete Ludgério (PSD) agradeceu de público ao prefeito Bruno Cunha Lima e a equipe do Hospital Pedro I os cuidados com as pessoas que necessitam de atendimento. “Não é porque Manoel é deputado, ele tem plano de saúde, mas preferiu o hospital que é referência em Covid-19, Peço a Deus pela saúde de Dr. Tito e de todos os profissionais de saúde que estão diariamente no combate ao coronavírus”.

Ela pediu um minuto de silêncio em memória de Marcelo Muniz de Albuquerque, vítima da Covid-19 e Joelcio Moraes, vítima de infarto.

Com o encerramento do grande expediente, o presidente da CMCG iniciou a leitura de requerimentos dos vereadores Rubens Nascimento, Eva Gouveia, Fabiana Gomes, Alexandre Pereira, Waldeny Santana, Sargento Neto, Anderson Pila, Valéria Aragão e Rui da Ceasa, totalizando 92 que foram aprovados por unanimidade.

Nesta quinta-feira,15, a Câmara Municipal de Campina Grande realizará uma Audiência Pública para discutir assuntos relacionados à Pandemia da Covid-19, bem como ações de imunização da população campinense, a partir das 10 horas, de forma remota com transmissão AO VIVO pelas redes sociais @camaracgoficial. A propositura da audiência é da vereadora Carol Gomes (PROS).

DIVICOM/CMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Política
Comments are closed.