Após visita à FIEP, Marinaldo estuda implantar novo programa de saúde e segurança do trabalhado

O Presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), Marinaldo Cardoso (Republicanos), esteve na tarde desta quinta-feira (15) na FIEP – Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, acompanhado da vereadora e presidente da Comissão de Saúde e Bem Estar Social, Carol Gomes (Pros).

Em uma reunião com representantes da entidade, os parlamentares iniciaram o diálogo para uma parceria, visando a implantação dos programas de saúde e segurança do trabalhador, e o plano de contingenciamento em relação à pandemia de Covid-19 na Casa de Félix Araújo. “Ciente dos resultados exitosos que os protocolos de contingenciamento do SESI [entidade que compõe o sistema Fiep] vêm apresentando em órgãos públicos e privados, estivemos reunidos com a equipe técnica de saúde e segurança do trabalho do Sistema Indústria, onde estudamos uma possível implantação desses protocolos na Câmara Municipal.

Precisamos e queremos retomar às sessões presenciais ou de forma híbrida, mas quando isso acontecer necessitamos que seja feito de forma segura”, disse Marinaldo.
Grinete Melo, gerente executiva de saúde e segurança na indústria, parabenizou o interesse dos vereadores e destacou a importância de tais medidas em um momento difícil ocasionado pela pandemia.

“O SESI tem um reconhecimento nacional como fornecedora de serviço de excelência de saúde e segurança no trabalho e a Câmara, por se preocupar com o seu colaborador e ser a casa do povo, torna-se um espaço de grande divulgação da importância do cuidado.

O nosso protocolo vai desde a adequação do ambiente de trabalho até as partes de saúde, rotinas administrativas, pesquisa, inovação e desenvolvimento. Tratam-se de estratégias para conviver com a pandemia protegendo a saúde em primeiro lugar, mas também a economia”, ressaltou a gerente.

Para a vereadora Carol Gomes, presidente da Comissão da Saúde e profissional da área, há urgência na implantação desses protocolos mais rigorosos na Câmara para garantir a segurança de todos os vereadores, servidores e sociedade campinense. “Nosso intuito é, baseado em parâmetros de biossegurança, retomar as atividades presenciais de uma forma que os riscos de contaminação pelo coronavírus sejam diminuídos consideravelmente. Não estamos medindo esforços para que isso aconteça”, pontuou.

Nos próximos dias, o vereador-presidente junto da Mesa Diretora tomará decisões relacionadas à adoção dos protocolos, enquanto isso, as sessões seguem de forma remota com transmissão pela internet.

DIVICOM/CMCG

Load More Related Articles
Load More By Ionete Ramos
Load More In Destaques
Comments are closed.