Cachaça paraibana lança homenagem aos 100 anos de Jackson do Pandeiro

O rei do ritmo, a cultura nordestina e o povo brasileiro são comemorados em todo Nordeste nesse São João 2019

“Bate o pandeiro, quem tem sangue matuteiro não consegue disfarçar” é o que diz a canção em uma das maiores homenagens aos 100 anos de Jackson do Pandeiro, realizada pela Cachaça Matuta, em reverência ao Rei do Ritmo. Este ano, os forrozeiros podem levar para casa um pequeno Jackson em forma de uma latinha de cachaça. Mantendo a tradição, desde 2017, a Matuta lança latinhas temáticas na época do São João. Este ano é a vez da Matuta celebrar o centenário de Jackson no seu rótulo da Matutinha 270 ml. A edição é limitada e foi lançada oficialmente pelo “Instagram”. https://www.instagram.com/p/ByajzKiBUHd/?igshid=e2d6ykc652be

Trinta anos após sua morte, o cantor Jackson do Pandeiro é cultuado como um dos maiores percussionistas da nossa história. O inventor de um estilo original que ganhou o Brasil e o mundo transformava tudo em ritmo. Jackson, munido de um pandeiro e muito talento embalou o Brasil ao som do coco e, mais tarde, do tropicalismo. A maliciosa Sebastiana revelou seus dribles musicais e domínio de palco. Até hoje, Jacson é considerado o Garrincha da música popular brasileira.

De acordo com Breno Leal, diretor da Cachaça Matuta, a marca inova todos os anos, tanto na busca da qualidade de seus produtos, como na apresentação. Foi nesse sentido que lançou, em 2016, a primeira cachaça de alambique em lata, a “Matutinha 270”, e no ano seguinte vieram as cachaças com latas temáticas: 2017, homenagem ao São João (eleita uma das latas mais bonitas do Brasil no Prêmio Alterosa da Lata Brasileira); 2018, Copa do Mundo e agora trouxeram o Mestre Jackson do pandeiro.

A homenagem ao rei do ritmo vai além da sua imagem na lata, a novidade nesta edição especial 2019, é a possibilidade de experimentar a realidade aumentada que a latinha traz. A tecnologia permite que o Jackson ganhe vida na tela do celular, basta baixar o aplicativo da Matuta no “play store” e se divertir. O trabalho artístico teve layout de Arthur Póvoas, desenho de Sócrates Gonçalves, jingle de Felipe Alcântara e campanha da Agência Recrie.

Qualidade reconhecida

Vale destacar que a Matuta é uma cachaça reconhecida pela qualidade dentro e fora da Paraíba. O reflexo mais recente é a premiação recebida no último domingo (9), o certificado de ouro na categoria Madeiras Brasileiras na Expor Cachaça, em Belo Horizonte. Além das medalhas de prata que a marca recebeu na categoria Cristal 2017 e 2018 na Expo Cachaça em Belo Horizonte, em concurso às cegas. A Cachaçaria Matuta é prata, é ouro, é Paraíba!

Léo Guilherme 
Jornalista DRT/PB:3421

Cel: (83)9620.6535

Twi @leoguil \ Ins @leoguil.l

 
Comments are closed.